Feicana discute temas relevantes do setor sucroalcooleiro em MS
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,046 (0,55%)
| Dólar (compra) R$ 5,60 (-0,69%)


Agronegócio

Feicana discute temas relevantes do setor sucroalcooleiro em MS

O congresso é focado à discussão de assuntos de bioenergia
Por:
314 acessos

Após a quarta edição do Canasul 2010 (Congresso de Tecnologia na Cadeia Produtiva da Cana-de-Açúcar em Mato Grosso do Sul), que terminou no dia (17), iniciam-se mais discussões acerca do setor sucroalcooleiro. Promovido pela Famasul em parceria com Seprotur, Fiems, Biosul, o congresso é focado à discussão de assuntos de bioenergia.

Paralelo ao evento, este ano Campo Grande conta com uma novidade: A Feicana/Feibio (Feira de Negócios do Setor de Energia), que começou ontem (17), no Centro de Convenções e Exposições Albano Franco.
“Nosso intuito é estreitar o relacionamento entre os envolvidos no setor sucroalcooleiro. Trouxemos para o evento quase 100 expositores que apresentam em seus estandes máquinas tanto para o âmbito industrial quanto para a parte agrícola”, disse o diretor da Safra Eventos, organizadora da primeira edição da Feicana MS, Flávio Nasser.
Para Nasser, o evento busca atrair o maior número de empresas, além de novos investidores e empreendimentos. “Para que até 2015 consigamos atingir a meta que o próprio governo de Mato Grosso do Sul almeja, que é tornar o Estado o segundo maior produtor de cana-de-açúcar do Brasil”, completa.
Segundo o organizador do evento, o trabalho semelhante realizado há oito anos em Araçatuba, no interior de São Paulo, transformou a região na maior produtora da cultura na região oeste paulista. “Estamos voltados agora para o MS. Queremos colaborar para o desenvolvimento desse setor que certamente trará benefícios à economia local”, comenta.
Nasser afirma ainda que as discussões e feiras de negócios têm vida longa. “Com certeza este é o primeiro de muitos outros eventos”, conclui.
Programação
Nesta quarta-feira (18), acontece seminário sobre “os gargalos do setor sucroalcooleiro e as contribuições da Embrapa”.
09h às 09h40 – A mosca de estábulo e a produção de cana-de-açúcar. Palestrante da Embrapa Gado de Corte.
09h40 às 10h20 – Os gargalos do setor sucroalcooleiro. Palestrante da Embrapa SNT.
10h20 às 10h50 – Intervalo
10h50 às 11h30 – A experiência brasileira na produção de etanol a partir de sorgo sacarino. Palestrante da Embrapa Milho e Sorgo.
11h30 às 12h10 – Uso do xisto agrícola em cana-de-açúcar. Palestrante da Embrapa Clima Temperado.
Já no dia 19 de agosto, seminário com o tema "as engenharias no desenvolvimento da indústria de açúcar e álcool no estado de MS" será ministrado pelo Crea-MS, com o objetivo de desenvolver as relações entre os profissionais das engenharias e o segmento industrial no setor de açúcar e álcool visando à regularização da atividade profissional, a valorização das profissões e o desenvolvimento industrial do setor no Estado.

Local: Auditório do Centro de Convenções Albano Franco - avenida Mato Grosso, 5017 - Carandá Bosque - Campo Grande/MS.
Os portões ficam abertos até as 19 horas e as inscrições para os seminários podem ser feitas no local.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink