Feijão: concentração de colheita não ocorrerá nessa 2ª safra

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia nossos Termos de Uso e Termos de Privacidade. Ao clicar em Aceitar & Fechar, você consente com a utilização de cookies.


CI
Imagem: Pixabay
ESTIMATIVAS

Feijão: concentração de colheita não ocorrerá nessa 2ª safra

Em relação ao abastecimento de feijão, este seguirá bastante complicado
Por: -Leonardo Gottems

A concentração de colheita não acontecerá nessa segunda safra no mês de abril, ela se estenderá por abril, maio e junho, de acordo com o que informa o Instituto Brasileiro do Feijão e dos Pulses (Ibrafe). Nesse sentido, algumas circunstâncias apontam para que os preços não cedam. 

Esses fatores são o “auxílio emergencial e plantio atrasado da safra por conta de atrapalhos climáticos. Isso traz mais dor de cabeça para o governo, que enfrenta a inflação dos alimentos”. 

“Apesar da CONAB não ver problemas de abastecimento os levantamentos privados não concordam com isso. Já não é novidade estas diferenças. No mercado tem-se a impressão que a CONAB olha no retrovisor enquanto o mercado olha para a frente. O raciocínio do IBRAFE é... se não há problema porque os preços estão impeditivos para grande parte da população...”, completa o instituto. 

Em relação ao abastecimento de feijão, este seguirá bastante complicado. “Enquanto o MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) demora a entender a gravidade da situação, nenhuma ação para aliviar o estresse desse momento parece acontecer. É simplesmente lógico que ajam dessa forma com os dados que o governo tem em mãos”, indica. 

“Minas Gerais, o estado com maior diversificação de variedades, é um dos locais de onde se esperava que tivéssemos oferta de Feijão-carioca agora, em especial do sul de Minas. Porém, as notícias também não são boas. Segundo agrônomos da região, a redução foi forte naquela região”, conclui o Instituto Brasileiro do Feijão e dos Pulses (Ibrafe), nesta manhã. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink