Feijão beira os R$ 300/saca
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
EM ALTA

Feijão beira os R$ 300/saca

No Paraná a cotação atinge R$ 340
Por: -Eliza Maliszewski

A saca de 60 quilos é cotada a uma média de R$ 290 nos mercados gaúcho e paulista e R$ 280 em Goiás. No Paraná a cotação atinge R$ 340. Alguns estados já colheram a 1ª safra e se preparam para plantar a safrinha. É o caso goiano que plantou 47,2 mil hectares na primeira safra, alta de 19%. Na contramão brasileira o estado colheu 104 mil toneladas, crescimento de 10%, se consolidando como um importante produtor de feijão. 

O maior produtor, o Paraná, teve perdas grandes com a estiagem que atingiu a cultura. Deve colher 278 mil toneladas, baixa de 12,7%.No Rio Grande do Sul 96% da área está colhida na região de Ijuí. O estado gaúcho teve perdas superiores a 6% e espera pouco mais de 50 mil toneladas.

De acordo com o extensionista rural da Emater/RS-Ascar, Gilberto Bortolini, teve início na região o plantio da segunda safra de feijão (safrinha) em uma área estimada de quatro mil hectares, quatro vezes maior do que a área cultivada na primeira safra de feijão.

O Brasil planta três safras do grão e no total espera 3.2 milhões de toneladas nas variedades cores, preto e caupi, uma pequena alta de 0,9%.


 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink