Feijão de arranque terá zoneamento

Agronegócio

Feijão de arranque terá zoneamento

Pesquisadores da Embrapa e do DEAGRO estarão reunidos nesta quarta-feira (02-03)
Por:
4 acessos

Pesquisadores da Embrapa e do Departamento Estadual de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (DEAGRO) estarão reunidos nesta quarta-feira (02-03), a partir das 14 horas, na sede da Embrapa Tabuleiros Costeiros(Aracaju-SE), preparando a nota técnica que vai subsidiar o Ministério da Agricultura na elaboração do Zoneamento Agrícola de 2005 para o feijão de arranque no Estado.

O Zoneamento Agrícola é coordenado pelo Ministério da Agricultura e executado por pesquisadores de diversas instituições, entre elas a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária- embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Ele determina quais regiões apresentam melhores condições climáticas para o desenvolvimento das culturas, os períodos mais favoráveis para o plantio com menor risco e as cultivares habilitadas.

O feijão de arranque é uma das principais culturas de Sergipe, pois é plantado em praticamente todo o estado, representando uma importante fonte de renda e alimento para milhares de agricultores familiares. Apesar disso ele ainda não teve o seu zoneamento definido – ao contrário de outras culturas como o feijão de corda o algodão e o milho – o que tem trazido preocupação para técnicos e produtores em função do seguro agrícola.

Atualmente o enquadramento no Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro) está restrito aos empreendimentos conduzidos nas áreas de abrangência do Zoneamento Agrícola.

Participam da reunião técnica de amanhã os pesquisadores Hélio Wilson, Ana Alexandrina Gama da Silva e Dulce Regina, da Embrapa Tabuleiros Costeiros; o pesquisador Luís Cláudio de Farias, da Embrapa Arroz e Feijão (Goiânia – GO), além de técnicos da Deagro e do Colegiado do Território 1 do Alto Sertão Sergipano. A reunião tem o apoio da Secretaria de Agricultura do Estado de Sergipe.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink