Feira Sabores em Curitiba/PR deve comercializar R$ 1 milhão em produtos da agroindústria

Agronegócio

Feira Sabores em Curitiba/PR deve comercializar R$ 1 milhão em produtos da agroindústria

Por:
203 acessos

A X Feira Sabores do Paraná, que está acontecendo nesta semana, entre 22 e 26 de julho no Parque Barigui, em Curitiba, deverá comercializar cerca de R$ 1 milhão com a venda de produtos da agroindústria familiar paranaense. A expectativa da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento (Seab) é que 30 mil pessoas visitem a feira durante os cinco dias. Está prevista a participação de 250 agroindústrias, muitas com novidades para o consumidor, e mais de 1,5 mil itens entre produtos orgânicos e convencionais.

No evento, o visitante vai poder apreciar a produção de várias regiões do Estado como geléias, doces, queijos, biscoitos, embutidos, conservas, mel, vinho, entre outros produtos. Também haverá estandes com artesanato, flores e turismo rural.

Segundo o secretário da agricultura, Valter Bianchini, há uma boa expectativa com os resultados pós-feira, como já vêm ocorrendo nos últimos eventos. “Muitos representantes de outros Estados já agendaram visitas à Feira que acontece em Curitiba para buscar as novidades que estão sendo lançadas pela agricultura familiar do Paraná”, adiantou.

Para Bianchini, isso mostra que a Feira Sabores do Paraná já se transformou em referência tanto para lançamento de produtos da agroindústria familiar que seguem as típicas receitas herdadas de famílias. “O Paraná é privilegiado no desenvolvimento desses produtos porque foi colonizado por várias etnias oriundas da Europa e da Ásia e o resultado dessa história se faz presente hoje na cultura e na gastronomia”, enfatizou.

Este ano, os visitantes que forem ao pavilhão de exposições do Parque Barigui vão encontrar dois restaurantes e sete lanchonetes que vão servir os produtos típicos da agricultura familiar. Um dos restaurantes vai servir comidas típicas do campo e outro, será especializado em massas.

Ainda neste ano, que a Feira Sabores completa 10 anos de realização, serão homenageados várias personalidades que se envolveram com o evento desde o seu início. Haverá uma homenagem especial ao produtor Eduardo da Silva Porto Ramos, que produz plantas medicinais e desenvolveu produtos como travesseiros aromáticos e chás. Ele participou de todas as feiras realizada em Curitiba nesses 10 anos.

O evento tem se destacado como uma feira de novidades e negócios na área de alimentos processados, produzidos pelas pequenas e médias agroindústrias familiares do Paraná. Segundo Bianchini, neste período, a cada edição são lançadas novas agroindústrias, novos produtos, novos sabores, demonstrando a criatividade e a vontade dos agricultores familiares em divulgar e mostrar o se potencial.

O coordenador do programa Fábrica do Agricultor, que promove a Feira, Abdel Naser, lembrpu que tradicionalmente os campeões de vendas são os queijos e embutidos. Mas ele destacou que entre as novidades previstas para esta décima edição, os consumidores de Curitiba irão encontrar patês com sabor de damasco, de dois queijos e nozes e sardela; novas conservas como as de berinjela e árabe, novos molhos como pimentão com crem ou com especiarias; novos doces, com frutas desidratadas e secas; derivados de banana para alimentação como farinha de banana verde, farinhas especiais sem glúten, banana chips desidratada e assada; derivados de erva mate orgânica como erva para chimarrão e chá; derivados de soja como lingüiça de soja, achocolatado de soja e grãos matinas e ainda geléias de pimenta e de frutos da palmeira jussara, de morango com pimenta e gengibre com limão, entre outras.

A Feira Sabores do Paraná, iniciada em 1999 no antigo Parque Castelo Branco na região metropolitana de Curitiba, foi a principal responsável pela abertura de novos mercados para as pequenas e médias agroindústrias familiares do Estado.

“ Desde o primeiro evento, com uma tímida participação de 13 agroindústrias totalmente desconhecidas dos consumidores até este ano, já são 250 agroindústrias participantes, muitas com clientes fiéis que a cada ano vêm buscar uma novidade, um novo sabor, um novo produto”, disse Naser.

A partir de 2003, a secretaria de Agricultura iniciou um processo de interiorização da Feira, que resultou na realização, anual, de 15 feiras regionais e sete edições estaduais. Segundo Naser, a inclusão do artesanato rural como produto a ser comercializado na feira reflete a valorização das agricultoras familiares que executam uma atividade de agregação de valor e podem contribuir com a renda familiar na propriedade com uma ação rentável.

Nesses 10 anos, a Feira também abriu novos mercados para o segmento de carnes nobres de bovinos, ovinos, caprinos, coelhos, avestruzes e outras espécies animais. Inclusive foi feita uma parceria do Foverno do Estado com a Associação Paranaense de Supermercados para exposição e venda dos produtos da agricultura familiar.

“ Foram instaladas 61 gôndolas em 25 municípios do Estado. Essa estrutura só não está maior porque a procura está superando a oferta e a agroindústria familiar não está podendo atender a toda a demanda” ,salientou Naser.

Serviço

Dias – 22 a 26/07/2009
Horário – abertura 22/07 – 16 h às 22 h
quinta e sexta-feira (23 e 24/07) – 14 h às 22 h
sábado (25/06) – 12 h às 22 h
domingo (26/07) – 12h às 21 h
Endereço – pavilhão de exposições do Parque Barigui
Ingressos - R$ 5,00, com bônus de R$ 2,00 que sera trocado por uma sacola retornavel comemorativa dos 10 anos da feira.
Crianças abaixo de 12 anos e pessoas acima de 60 anos não pagam.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink