Fertilizante mal estocado provocou explosão no Líbano
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,200 (0,72%)
| Dólar (compra) R$ 5,63 (0,59%)

Imagem: Marcel Oliveira

TRAGÉDIA

Fertilizante mal estocado provocou explosão no Líbano

2.750 toneladas estavam em um armazém há seis anos sem medidas preventivas
Por: -Leonardo Gottems
1443 acessos

A provável causa da explosão desta terça-feira (04.08) no porto de Beirute (Líbano) foram cerca de 2.750 toneladas de nitrato de amônio – elemento básico para a fabricação de fertilizantes químicos. “Até agora, mais de 4.000 pessoas ficaram feridas e mais de 100 morreram. As nossas equipes continuam as operações de busca e salvamento nas áreas circundantes”, informou a Cruz Vermelha libanesa em comunicado enviado à imprensa.

De acordo com o primeiro-ministro libanês Hassan Diab, “é inadmissível que um carregamento de nitrato de amônio, estimado em 2.750 toneladas, esteja em um armazém há seis anos, sem medidas preventivas”. Falando durante reunião do Conselho de Alta Defesa do país, o chefe de governo considerou o caso “inaceitável e não podemos permanecer calados sobre esse assunto”, segundo citou seu porta-voz em entrevista coletiva. 

Além de ser ingrediente ativo de fertilizantes agrícolas, o nitrato de amônio também é utilizado como um componente de explosivos. “Não descansaremos até encontrar a pessoa responsável pelo ocorrido para que preste contas”, prometeu Diab.

Reinaldo Bazito, professor e doutor do Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP), disse em declarações à CNN que o nitrato de amônio é “um dos principais fertilizantes utilizados na agricultura. No entanto, ele tem uma característica que pode fazê-lo explodir em determinadas circunstâncias. Ele precisa de uma iniciação. É seguro para uso na agricultura, com precauções. Não é como a nitroglicerina, não explode sozinho. O problema não é a quantidade, é a condição de armazenagem do nitrato”.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink