Fertilizantes terão alta de vendas no segundo semestre

Agronegócio

Fertilizantes terão alta de vendas no segundo semestre

Nos próximos 3 meses o volume a ser comercializado pode chegar a 3 milhões de toneladas
Por: -Renata
620 acessos

O mercado de fertilizantes foi abordado pelo sócio-consultor da MB Agro e da Ruralcon Consultoria em Gestão Agropecuária, Alexandre Mendonça de Barros no 24º Seminário Cooplantio, que se extende até sexta-feira (3).

Segundo a ANDA, Associação Nacional para Difusão de Adubos, o mercado de fertilizantes este ano teve uma queda, de 27%, se comparado com o índice de 2008. Alexandre Mendonça de Barros justifica, entretanto, dizendo que o ciclo atual de preços está muito parecido com o de 2007, mas ainda assim os números estão um pouco mais baixos. “O ano passado foi totalmente atípico para este mercado, os produtores estavam bastante capitalizados, com safra recorde e preços em alta, fato que gerou uma alta demanda por insumos”.

Historicamente o segundo semestre é mais aquecido para as vendas de adubo. “Num primeiro semestre fraco o preço do adubo caiu e com isso os produtores esperaram mais para efetuar suas compras na expectativa que o mercado reaja com preços ainda mais baixos”,disse.

Segundo ele os preços chegaram às suas maiores baixas. “Os agricultores vão ter que comprar e isto deve acontecer até setembro”. Estima-se que nos próximos 3 meses o volume a ser comercializado pode chegar a 3 milhões de toneladas. O excessivo aumento de demanda, que normalmente é de 1,3 milhões de toneladas ao mês, pode gerar problemas de logística e de movimentação de carga nos próximos meses.

“Acredito num mercado igual ao do ano passado, de 22,5 milhões de toneladas, é um valor possível”, palpitou Alexandre Mendonça de Barros.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink