Fetag e Sicredi assinam convênio para alavancar agricultura familiar
CI
Agronegócio

Fetag e Sicredi assinam convênio para alavancar agricultura familiar

Por:

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul e o Sicredi Central assinaram na manhã de ontem (10) um protocolo de intenções para fortalecer e valorizar o cooperativismo e a agricultura familiar. As duas entidades têm em comum 70% de seu quadro social, sendo 450 mil no Sicredi e 390 mil na Fetag.

O vice-presidente do Sicredi Central, Gerson Seefeld, anunciou logo após a assinatura do convênio, que a cooperativa irá disponibilizar aos agricultores familiares gaúchos R$ 350 milhões para financiar o custeio das lavouras nesta safra 2003/2004. No entanto, o aporte de recursos salta para R$ 500 milhões, quando se contabiliza R$ 150 milhões no Proger Rural e mais R$ 40 milhões para agroindústrias, se considerando a abrangência da cooperativa nos estados de Santa Catarina, do Paraná e do Mato Grosso do Sul. “Estamos apenas aguardando a publicação da Portaria de Equalização do governo federal para liberar o dinheiro”, avisa Seefeld.

O presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (Fetag), Ezídio Pinheiro, disse que esse convênio vem fortalecer a agricultura familiar com o estabelecimento de linhas de crédito diferenciado. “Essa parceria é muito importante para a Fetag, uma vez que o Sicredi foi escolhido no Movimento Sindical dos Trabalhadores Rurais como o nosso sistema. E quando se aprova isso, temos consciência dessa responsabilidade e juntos vamos construir programas para alavancar a agricultura familiar”, destaca.

Em relação ao volume de recursos que o Sicredi vai colocar à disposição dos agricultores, Pinheiro considerou positivo. “Sem dúvida estamos diante de um momento significativo, com recursos novos e com novas demandas. Também é preciso lembrar que a Fetag trabalha com o Banco do Brasil e o Banrisul”, acentua. Na próxima segunda-feira, dia 14, às 13h30min, as duas entidades se reúnem para buscar mecanismos de facilitação no crédito, isto é, eliminar a burocracia para que de fato o dinheiro chegue na ponta.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.