Forte alta do sebo no Rio Grande do Sul
CI
Agronegócio

Forte alta do sebo no Rio Grande do Sul

Mercado do sebo segue firme no Brasil Central
Por:

O mercado do sebo segue firme no Brasil Central, principalmente pela oferta limitada de matéria-prima. No Rio Grande do Sul, a oferta curta de boiadas para abate e, consequentemente, de sebo, colabora com o cenário de alta.

O preço de referência teve forte alta e está em R$2,35/kg, sem imposto, segundo levantamento da Scot Consultoria.

O patamar cambial limitando as importações da matéria-prima e a demanda maior devido às temperaturas maiores colaboram com o cenário.

Para as próximas semanas, é possível que a demanda diminua, com a redução da produção das indústrias de higiene e limpeza devido aos feriados do final de ano.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.