Freio de Ouro tem novos 14 classificados para a grande final
CI
Imagem: Divulgação
EVENTO

Freio de Ouro tem novos 14 classificados para a grande final

Classificatória selecionou seis fêmeas e oito machos para a finalíssima da modalidade promovida pela ABCCC
Por:

A penúltima classificatória do ciclo ao Freio de Ouro levou mais 14 conjuntos, seis fêmeas e oito machos, para a grande final da modalidade, promovida pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), que será realizada de 29 de setembro a 3 de outubro no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS). Realizada na pista do Cavalo Crioulo nesta semana, os competidores disputaram ponto a ponto as vagas para a finalíssima.

Nas fêmeas, a primeira colocação ficou com a égua Basca Anita-TE, com média de 20,486. O exemplar da Cabanha Basca, de Uruguaiana (RS), foi montado pelo ginete Eduardo Weber de Quadros. Nos machos, o lugar mais alto do pódio ficou com o cavalo Entrevero Della Tersa, com média 20,570. O cavalo exposto pelas cabanhas Encantto e Della Tersa, de Veranópolis (RS), foi guiado por Guto Freire.

Basca Anita-TE ganhou a ponta ainda no sábado e entrou no domingo na liderança entre as fêmeas para não sair mais do primeiro lugar. A égua, que foi Bocal de Bronze em 2019, vai para mais uma final do Freio de Ouro. “É sempre um prazer se classificar para a final. Temos uma longa parceria. É o terceiro ano que vamos para a final do Freio e ela nunca me deixou na mão”, salientou o ginete Eduardo Weber de Quadros.

Já Entrevero Della Tersa vinha se mantendo na segunda posição entre os machos desde as etapas funcionais e na Bayard-Sarmento conquistou a primeira colocação para ficar no primeiro lugar da classificatória. É a quarta final deste exemplar, contando com o Freio de Ouro da FICCC em 2018. “É a primeira classificatória que eu venço este ano apesar de que o mais importante agora é estar na final do Freio. Agradeço a toda a equipe e a todos os proprietários do Entrevero por mais uma oportunidade de estar em mais uma final com ele”, destacou o ginete Guto Freire.

Dois trios de jurados atuaram na Classificatória Gaúcha Norte. Otávio de Aragão Oliveira, Rodrigo Albuquerque Py e Rouget Gigena Wrege formaram o trio de avaliadores na categoria Fêmeas. Já na divisão Machos, o julgamento esteve a cargo de Gustavo Arhanitsch, Mário Móglia Suñe e Telmo Raimundi Ferreira.

A lista final dos classificados pode ser conferida no site da ABCCC em www.abccc.com.br. O ciclo 2021 do Freio de Ouro tem o patrocínio de Facta Financeira, Massey Ferguson, Supra e Vetnil, além do apoio de Correaria Dima, Mopo e Canal do Criador.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.