Fundação MS promove evento com 75 híbridos de milho safrinha
CI
Agronegócio

Fundação MS promove evento com 75 híbridos de milho safrinha

Produtores poderão conhecer especificidades de cada semente para escolher cultivar mais adequada
Por:
Produtores poderão conhecer especificidades de cada semente para escolher a cultivar mais adequada
 
Os milhocultores de Mato Grosso do Sul terão opções abundantes e variadas para a próxima safrinha. Para apresentar as cultivares disponíveis e possibilitar a escolha do material adequado, a Fundação MS promove na próxima quinta-feira, 1º de julho, um dia de campo com 35 híbridos convencionais e outros 30 com tecnologia Bt. De acordo com o pesquisador André Lourenção, cerca de 30% dos materiais são novidades no mercado e os 70% restantes estão respondendo a adaptações e ajustes de comportamento.
 
Os híbridos, que poderão ser observados nos estandes das diversas empresas durante o evento, foram cultivados pela Fundação MS nas mesmas condições de plantio. Todos receberam os mesmos cuidados de adubação e manejo de plantas daninhas, doenças e pragas, o que fornece aos produtores uma base de comparação. As sementes são indicadas para a região Centro Sul do Estado, atendendo a uma área que vai de Maracaju a Naviraí. Segundo Lourenção, os materiais têm especificidades e, se bem escolhidos, podem render bons resultados.

— São híbridos simples, de ciclo precoce, de alto investimento, mas também com altíssimo retorno. Se forem utilizados nas melhores áreas e na época ideal de plantio, que fica entre 15 de fevereiro e início de março, vão oferecer um retorno rápido e bastante satisfatório. Numa condição boa, os híbridos têm potencial para produzir de 120 a 130 sacas, enquanto a média de Mato Grosso do Sul é de 70 sacas por hectare.

Entre as opções, estarão sementes com tecnologia herculex, hildegard e agrisure, materiais geneticamente modificados que apresentam resistência à lagarta do cartucho do milho. O produtor vai encontrar também híbridos com resistência a outras doenças e pragas e poderá fazer a escolha de acordo com a necessidade. Na opinião de Lourenção, é possível destacar alguns híbridos que obtiveram bons resultados nos ensaios realizados pela Fundação MS.

— O híbrido AGN 30A37, da Agromen, por exemplo, apresentou um resultado muito bom nos nossos experimentos. Também podemos destacar como híbridos de excelente potencial o P3646 Herculex e o P4042 Herculex, ambos da Pioneer.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.