Ganhos de mercado caem em Chicago
CI
Imagem: Nadia Borges
SOJA

Ganhos de mercado caem em Chicago

"A recuperação diária foi amplamente alimentada pelos resultados otimistas do USDA"
Por: -Leonardo Gottems

Um conjunto de fatores, aumentou novamente os preços da oleaginosa na Bolsa de Chicago e os levou de volta aos níveis máximos dos últimos 4 anos e meio, de acordo com o que afirmou a TF Agroeconômicas. “Por um lado, as exportações semanais para os EUA atingiram 0,92 milhões de toneladas, excedendo o máximo esperado pelos analistas”, comenta. 

“Além disso, transcendeu que a China estaria buscando fechar embarques de soja americana. Enquanto isso, a moagem mensal está em níveis historicamente altos. Por outro lado, os temores sobre a questão climática na América do Sul continuam. Os preços da soja ganharam terreno nesta quinta-feira, com os futuros impulsionados pelos fortes números das vendas líquidas da soja nos EUA, um dólar mais fraco e a incerteza persistente causada pela greve em curso e pela previsão de tempo mais seco na Argentina”, completa. 

A CBOT janeiro futuro abriu estável em relação ao fechamento anterior a $ 11,83/bu e caiu para uma baixa de $ 11,79/bu durante o início do pregão, antes de sofrer uma reversão para a abertura de Chicago para tocar uma alta de $ 12,03 / bu. “O contrato retrocedeu ligeiramente para $ 12,01 / bu no fechamento”, indica. 

“A recuperação diária foi amplamente alimentada pelos resultados otimistas do USDA, mostrando que as vendas líquidas para a semana encerrada em 10 de dezembro aumentaram 60% na semana para 922.300 toneladas, superando as expectativas do mercado. O dólar fechou em queda ante o real nesta quinta-feira, em mais um dia amplamente positivo para as mais variadas classes de ativos de risco, com investidores mirando aprovação de novos estímulos nos Estados Unidos e início de vacinação contra a Covid-19 em importantes economias”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink