Gerente Global de Avicultura da Alltech fala sobre o setor
CI
Agronegócio

Gerente Global de Avicultura da Alltech fala sobre o setor

Paulo Rigolin fala sobre as dificuldades da indústria agrícola e novas tecnologias para redução de custos nas rações
Por:
Paulo Rigolin fala sobre as dificuldades da indústria agrícola e novas tecnologias para redução de custos nas rações

A avicultura brasileira e mundial está vivendo um momento pouco favorável devido à valorização dos preços da soja e do milho, principais componentes da ração.Está cada vez mais difícil ter lucros na criação de animais. “Uma indústria que tem como um dos pilares a eficiência em converter grãos em proteína animal tem ao mesmo tempo um desafio com a atual situação com os preços das commodities agrícolas. Embora haja boas perspectivas de crescimento da indústria avícola, ao longo prazo - que de acordo com análises da Rabobank Report, será o setor que mais crescerá no segmento de proteína animal até o ano de 2020, em torno de 22%- atualmente a mentalidade da indústria é de comomanter-se vivo”, comenta Paulo Rigolin, gerente Global de Avicultura da Alltech.


Em São Paulo, o preço médio do frango vivo foi de R$ 1,85 em julho, de acordo com a Scot Consultoria. A União Brasileira de Avicultura (Ubabef) alerta que quase todas as agroindústrias de aves devem reduzir em cerca de 10% de sua produção.Hoje o custo é de R$ 2,10 e o produto é vendido a R$ 1,90.

“As últimas notícias sobre a previsão da safra de milho e soja nos Estados Unidos realmente abalaram o mundo. Há aumentos de preços nos grãos e alimentos emtodos os países. A Índia está discutindo a possibilidade de impor tarifas parareduzir as exportações de Soja e Iran com medo de uma revolução civil devido aoalto preço do frango”, ressalta Rigolin. Os produtores necessitam defrangos com rápido crescimento, eficiente conversão alimentar e redução notempo de abate, portanto, as exigências nutricionais das aves se tornammaiores, sendo necessários dietas de alta digestibilidade mas com custos compatíveis. Portanto tecnologias como “enzimas” tem tido um papelimportante para atingir estes objetivos.


Diante deste cenário, a Alltech tem auxiliado as indústrias a enfrentarem estes desafios de preços altos de matérias-primas. “Nos últimos 10 anos,investimos muito em uma tecnologia inovadora onde produzimos enzimasatravés da fermentação em estado sólido. Allzyme SSF and Allzyme Vegpro,complexos enzimáticos naturais que possibilitam melhor aproveitamento dos nutrientes pelo aumento da digestibilidade dos alimentos, minimizam custos para o produtor e reduzem a excreção no meioambiente, complemtenta. Para Rigolin, é possível incrementar a lucratividade e a produtividade, reduzindo o custo das dietas entre entre 5% e 10%. Atualmete, a alimentação representa de 65% à 70% do custo de produção em frangos de corte dependendo dopaís”, complementa.

Pensandono futuro, a Alltech realiza pesquisas com alta tecnologia para viabilizar de forma produtiva e rentável a avicultura no Brasil e no Mundo. Nos Estados Unidos, a Empresa dispõe de um Centro de Nutrigenômica, na cidade de Nicholasville – Kentucky. “Esta é uma ciência única que estuda a influência da nutrição na expressão genética dos animais. Esta será peça fundamental para evolução de tecnologias já existentes além do desenvolvimento de novos produtos de importância para nossa indústria”, afirma.


Mercado da Bahia:

- Na Bahiahá em torno de 35 empresas de avicultura industrial de corte e 12 de postura

- A consolidação do crescimento da avicultura baiana demonstra as possibilidades denegócio nesta atividade do estado. Hoje podemos considerar que o alojamento mensal está média de 10 milhões de pintinhos (este mês).

- Frangos abatidos por dia na Bahia = em média de 360.000 em nove abatedouros industriaise 100.000 nos pequenos abatedouros.

- Mercadoda Bahia: Crescimento do mercado de avicultura na Bahia: nos últimos três anos registrou crescimento em torno de 15% e deve manter este crescimento nos próximos anos.

Alltech no Brasil e nomundo

Faturamento mundial: 1 bilhão de dólares

Investe emtorno de 7 a 10% do faturamento anual em pesquisas.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink