Grãos têm baixa na CBOT com ajustes antes de relatório do USDA
CI
Agronegócio

Grãos têm baixa na CBOT com ajustes antes de relatório do USDA

O milho caiu para o patamar mais baixo em quase três meses
Por:
CHICAGO (Reuters) - Os futuros do milho, do trigo e da soja fecharam com perdas na sessão desta quinta-feira na bolsa de Chicago (CBOT), com os operadores liquidando contratos em ajuste de posições antes da divulgação do relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos sobre estoques.


O milho caiu para o patamar mais baixo em quase três meses com a fraca demanda, particularmente no mercado exportador, com vendas técnicas, além da pressão anterior ao relatório do USDA.

O Departamento deve divulgar na sexta-feira sua estimativa para estoques de milho até 1o de setembro, um dos relatórios mais antecipados do ano, uma vez que dá a produtores e investidores mais clareza sobre a quantidade que criadores de animais, usinas de etanol e companhias de alimentos consumiram durante o período.


O contrato dezembro da commodity perdeu 7,75 centavos, para fechar a sessão cotado a 7,17 dólares por bushel.

A soja também terminou em baixa, após registrar ganhos durante as negociações. O contrato referência da oleaginosa caiu 2,75 centavos e terminou cotado a 15,7025 dólares por bushel.

O trigo cedeu, acompanhando o milho, e caiu pela quarta sessão seguida, perdendo 14 centavos em seu contrato com entrega para dezembro que terminou o dia cotado a 8,5525 dólares.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink