Hübner vai fornecer peças para tratores da Valtra


Agronegócio

Hübner vai fornecer peças para tratores da Valtra

Por:
16 acessos

A Hübner Indústria Mecânica Ltda., com sede em Araucária (PR), fechou contrato com a fábrica de tratores Valtra, em Mogi das Cruzes (SP), para fornecimento de 100 toneladas por mês de peças fundidas. O acordo deve ser expandido para 300 toneladas por mês até 2006.

Segundo Nelson Hübner, fundador da empresa, o projeto deve contribuir para um aumento de 40% nas vendas internas em 2003. A maior demanda fará com que a Hübner amplie a produção mensal de 500 para 700 toneladas de fundidos.

Segunda colocada em vendas de tratores no País, com 30,62% de participação, Valtra produziu seu primeiro trator no Brasil em dezembro de 1960, com a marca Valmet. A empresa tem uma linha de 17 modelos de tratores com potências que variam de 65 a 180 cavalos e opções de tração em duas ou quatro rodas. No mês passado, a empresa vendeu 275 unidades e ficou atrás somente da Agco, dona da marca Massey Fergunson, que comercializou 340 unidades.

Fundada em 1980, a Hübner se especializou em fundição e na fabricação de peças como blocos de cabeçotes de motores e ajustadores automáticos de freio. Hoje esses produtos são exportados para 36 Países e as vendas externas somam US$ 4,6 milhões. O faturamento total, no ano passado, atingiu US$ 43 milhões.

Este ano, a Hübner faz sua estréia no México, onde vai abastecer o mercado de reposição para o Fusca. O antigo modelo da Volkswagen conta com uma frota de mais de 2 milhões de veículos e 80% da frota de táxis da Cidade do México. Serão mil cabeçotes e 300 blocos de motor exportados por mês. A expectativa é de um incremento de 15% nas exportações.

As peças para o Fusca representam 43% das exportações da Hübner e são fabricadas em Araucária com a marca Auto Linea. Produzido em alumínio, o bloco do motor do Fusca tem como principal mercado os Estados Unidos onde é muito popular em corridas de ´dragster´, em que a potência dos veículos é elevada em até dez vezes em relação ao projeto original da Volkswagen. ´É um mercado com grande potencial, mas também bastante disputado´, diz Hübner.

A empresa controla, além da fábrica de Araucária, uma unidade fabril em Ponta Grossa e outra em Blumenau (SC).

A planta industrial de Ponta Grossa terá a capacidade de produção elevada de 900 toneladas por mês para 3 mil toneladas/mês para atender ao aumento da demanda. Além da Valtra, a unidade fornece para as operações de caminhões da Volvo e da Mercedes-Benz, e Elevadores Atlas, dentre outros.

A fundição localizada em Santa Catarina, especializada em não ferrosos, também vai ampliar seu potencial produtivo. A meta é elevar a capacidade de 90 toneladas por mês para 220 toneladas/mês nos próximos quatros anos.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink