IMA lança novo sistema de controle e comércio de agrotóxicos


Agronegócio

IMA lança novo sistema de controle e comércio de agrotóxicos

Ele substitui o antigo Sistema de Controle Semestral de Agrotóxicos
Por:
1833 acessos
Já está disponível no site do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) o novo Sistema de Controle e Comércio de Agrotóxicos (Sicca). Ele substitui o antigo Sistema de Controle Semestral de Agrotóxicos (Sisagro) e tem como objetivo monitorar o uso do produto no Estado, além de assegurar o fornecimento de informações de uma forma mais ágil e segura.


Todas as movimentações comerciais de agrotóxicos referentes ao segundo semestre de 2011, ou seja, de 1º de julho a 31 de dezembro, já podem ser lançadas. O prazo para enviar o primeiro relatório semestral de 2011 utilizando o novo software, excepcionalmente, será no período de 1º até 15 de fevereiro. Os revendedores também podem acessar o sistema no site www.sicca.ima.mg.gov.br.

Pelo antigo sistema, o procedimento era realizado de maneira mais burocrática, pois havia a necessidade de se baixar um programa para enviar o relatório de controle do produto. O Sicca é um software desenvolvido exclusivamente pelo IMA e proporciona relatórios mais detalhados, o que consequentemente, garante um maior controle e confiabilidade no armazenamento das informações. Atualmente, 994 revendas de agrotóxicos no Estado são registradas no instituto.


Registro

O IMA fiscaliza o comércio, o armazenamento e uso de agrotóxicos na agricultura. Portanto, todo estabelecimento comercial e prestador de serviço de aplicação de agrotóxicos no Estado, tem que obter o registro obrigatório no IMA e o certificado deve ser afixado em local visível. Para se registrar é necessário procurar uma unidade do instituto próxima ao estabelecimento comercial.

Por se tratar de produto tóxico para o homem, animais e meio ambiente, o agrotóxico exige cuidados especiais na sua armazenagem, comercialização e uso, podendo ser adquirido, somente, com a apresentação da receita agronômica, emitida por profissional legalmente habilitado.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink