Imposto de importação do arroz está zerado
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,650 (0,00%)
| Dólar (compra) R$ 5,55 (0,74%)

Imagem: Marcel Oliveira

ATÉ DEZEMBRO

Imposto de importação do arroz está zerado

A redução está restrita a 400 mil toneladas de arroz em casca e beneficiado
Por: -Eliza Maliszewski
729 acessos

A pedido do Ministério da Agricultura o Comitê-Executivo de Gestão (Gecex) da Câmara de Comércio Exterior (Camex) decidiu nesta quarta-feira (9) zerar a alíquota do imposto de importação para o arroz em casca e beneficiado até 31 de dezembro deste ano. A medida vale para países de fora do Mercosul.

A decisão restringe a 400 mil toneladas e incide no arroz com caca parboilizado, no arroz semibranqueado ou branqueado não parboilizado. Com a retirada da Tarifa Externa Comum (TEC), atualmente em 12% para o arroz beneficiado e 10% para o arroz em casca,  a expectativa é baratear os preços do arroz que vem em disparada nas últimas semanas.

Conforme o Portal Agrolink apontou a ministra Tereza Cristina disse que não vai faltar arroz e que o governo monitora constantemente a situação. A grande parte do setor arrozeiro é contra. Na semana passada uma reunião na Câmara Setorial do Arroz votou pela manutenção da TEC.

VEJA: "O arroz não vai faltar", diz ministra

Na oportunidade a A Federação das Associações de Arrozeiros do Estado do Rio Grande do Sul (Federarroz) emitiu nota posicionando a mais absoluta e total contrariedade. Ainda ressaltou que não há risco de desabastecimento e que a medida tira o poder de competição de pequenas indústrias, podendo impactar o setor.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink