Indústria de máquinas cresce 19% em março

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia nossos Termos de Uso e Termos de Privacidade. Ao clicar em Aceitar & Fechar, você consente com a utilização de cookies.


CI
Imagem: Pixabay
RECUPERAÇÃO

Indústria de máquinas cresce 19% em março

Faturamento líquido total do setor foi de R$ 16,9 bilhões
Por: -Eliza Maliszewski

O setor de máquinas vem em recuperação neste ano após os impactos da pandemia na indústria. Segundo dados divulgados pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), em março, o avanço no faturamento foi de 18,9%, somando R$ 16.9 milhões. Em 12 meses o crescimento foi de 11% e o consumo avançou 7,4%. Já na comparação com março do ano passado o faturamento líquido total do setor teve expansão de 28,9%. O trimestre encerra com expansão de 28%.

O mercado doméstico continua como o responsável pela melhora no desempenho em alguns dos setores fabricantes de máquinas e equipamentos. Em março o crescimento da receita interna foi 21,7% na comparação com o mês de fevereiro de 2021 e de 45,1% em relação a março de 2020. 

As exportações, por outro lado, mesmo tendo crescido sobre o mês de fevereiro de 2020 (+8,5%), registraram nova queda na comparação interanual (-2,5%), que refletiu em piora no desempenho anual (-1,4%). “Mantido o atual patamar de vendas de US$ 600 milhões mês, teremos um cenário positivo para as exportações neste ano”, disse a entidade em coletiva de imprensa.

Em março o segmento de máquinas para a agricultura apresentou queda nas exportações. Em março o recuo foi de – 18,8% e em 12 meses queda acentuada de - 64%, sendo o pior desempenho entre todos os ramos de máquinas que integram a avaliação da Abimaq.

Já as importações voltaram a registrar crescimento no mês em questão, tanto na comparação mensal (+29,4%) como interanual (+21,4%). Com isso, no ano, a queda passou de 24,3% para 11,6% (1º trimestre contra mesmo período do ano passado). “Ainda que no 1tri21 a queda nas importações continue elevada, os dados de ponta indicam recuperação ao longo dos próximos meses. O mês de março registrou importação de US$ 1,9 bi, valor 33% acima da média observada em 2020”, diz o levantamento. Nas máquinas para a agricultura as importações cresceram 58% em março e 16% em 12 meses. 
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink