Indústria de máquinas financia produtores


Agronegócio

Indústria de máquinas financia produtores

Por:
31 acessos

O financiamento de máquinas agrícolas a partir de bancos das próprias montadoras estão sendo cada vez mais utilizado pelos produtores. O Banco CNH Capital, do grupo Case New Holland (CNH) já é o primeiro colocado no ranking do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) nos repasses da Finame Agrícola e o segundo no financiamento de pequenos e médios produtores. "Para este ano pretendemos ampliar em 10% o financiamento de máquinas a partir de nosso banco", afirma Carlos Nóbrega, gerente comercial do Banco CNH Capital.

O banco CNH liberou no ano passado R$ 800 milhões para a compra de máquinas da empresa. Os recursos de 2002 foram 14,2% superior aos créditos disponibilizados em 2001, quando a verba destinada foi de R$ 700 milhões.

"Estamos atuando desde 1999 e o montante liberado até o momento foi de R$ 2,2 bilhões. Iniciamos financiando apenas R$ 300 milhões, sendo que em todos o anos 90% foram recursos provenientes do Moderfrota", afirma Nóbrega.

Do total de vendas feitas pela CNH, 91% das colheitadeiras e 84% dos tratores são financiados pelo próprio banco da montadora. O restante de máquinas são financiados por outros agentes financeiros e alguma coisa são venda a vista. "Uma das nossas vantagens em relação a outros bancos é que nosso sistema é simples e o cliente tem o crédito liberado em apenas três dias, enquanto em outros a liberação demoraria um tempo maior", segundo afirma Nóbrega.

Estratégia alternativa

Um dos segredos para a forte atuação do Banco CNH é a forma de abordagem ao cliente, segundo o executivo do banco. Todo atendimento é feito na própria concessionária. "Quando o cliente senta para comprar a máquina já oferecemos o financiamento, seguro e tudo mais. Ele não precisa sair do lugar em que ele estão comprando a máquina para ter acesso a outros serviços" , afirma Nóbrega.

Atuando de forma um pouco menos agressiva que o banco CNH, o banco da John Deere possui uma estratégia alternativa.

"Temos uma estrutura de financiamento de não financiar 100% das máquinas. Essa estratégia permite que o capital financeiro do banco seja preservado para que em momentos de crise tenhamos condições de continuar financiando nossos clientes, enquanto outros bancos perdem espaço" , afirma Ralf Sommer, diretor presidente do Banco John Deere.

Segundo o executivo, o banco John Deere financia apenas 50% do valor das máquinas, sempre utilizando as linhas da Finame e Moderfrota. "Não vemos os outros bancos que fazem financiamento como nossos concorrentes, mas sim como parceiros. Durante a Agrishow você pode ver que dentro do nosso estande é possível encontrar mais de um banco financiadora", afirma Sommer.

Pequenos e médios

Mais da metade dos financiamentos de tratores da Case New Holland são realizados para pequenos e médios produtores.

Segundo Nóbrega, o Moderfrota coloca que os financiamentos por meio desta linha do governo federal devem ser realizados apenas para os produtores que possuem renda anual de R$ 250 mil.

"Cerca de 60% dos financiamentos dos nossos tratores são para produtores que nem atingem essa renda. Além disso, 40% de todo financiamento de nossas colheitadeiras também são para produtores dessa faixa de renda", afirma.

Nóbrega diz que o conceito de micro, pequeno, médio e grande produtor rural é definido pelo próprio BNDES. Segundo ele, o micro produtor é aquele que tem renda de no máximo R$ 1,2 milhão. Já o pequeno deve ter renda de R$ 10,5 milhão, o médio R$ 60 milhões e são considerado grande pelo BNDES o produtor com renda superior a R$ 60 milhões por ano.

Banco do Brasil

"Nosso posicionamento nos coloca como o segundo maior banco financiador de pequenos e médios produtores do BNDES, atrás apenas do Banco do Brasil, que não financia apenas os produtores rurais, mas todas as outras atividades", afirma Nóbrega.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink