Indústria do tabaco planeja contratar 10% a mais
CI
Imagem: Marcel Oliveira
SETOR

Indústria do tabaco planeja contratar 10% a mais

A estimativa para a safra 20/21 está em 607 mil toneladas
Por: -Eliza Maliszewski

Está aberto desde dezembro mas com mais intensidade nesta época os trabalhos na indústria do tabaco. Com o início do beneficiamento da safra 20/21 nos principais pólos, as contratações temporárias também devem crescer na indústria fumageira.

Na temporada passada o total de contratos sazonais foi de 6,5 mil trabalhadores. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Fumo e Alimentação de Santa Cruz do Sul e Região (Stifa) o incremento pode ser de 10% nas contratações. 

De acordo com o presidente da entidade, Gualter Baptista Júnior, até março 30% do contingente sazonal já estará contratado.“E até maio as indústrias deverão estar em plena capacidade, com 80% dos trabalhadores sazonais já em atividade”, destaca.

Mesmo com os problemas enfrentados por muitas lavouras com alta incidência de granizo e a estiagem na Metade Sul do Rio Grande do Sul a safra tem boa expectativa em produção e qualidade das folhas. De acordo com a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) a estimativa para a safra 20/21 está em 607 mil toneladas, uma redução de 4% em todos os Estados do Sul. No Rio Grande do Sul, a estimativa de produção aponta para 263.971 toneladas de tabaco (235 mil na variedade Virgínia; 28 mil no Burley; e 528 toneladas no Comum), cultivadas em uma área de 123.2 mil hectares. 

VEJA: Não há acordo sobre preço do tabaco


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink