Indústrias gaúchas espicham o preço da soja ao máximo
CI
Imagem: Divulgação
SOJA

Indústrias gaúchas espicham o preço da soja ao máximo

“Mesmo com aumentos frequente (e talvez por isso) os agricultores relutam em vender"
Por: -Leonardo Gottems

As indústrias esmagadoras de soja do RS estão espichando ao máximo o que podem para não ficar sem matéria-prima, de acordo com o que informou a T&F Consultoria Agroeconômica. “Está ficando cada vez mais difícil repassar os preços da soja para o farelo e o óleo de soja, segundo os operadores das indústrias locais”, comenta.  

“Mesmo com aumentos frequente (e talvez por isso) os agricultores relutam em vender, porque estão capitalizados e podem esperar preços cada vez melhores. Os preços da pedra nas empresas gaúchas estão ao redor de R$ 136,00/saca. Mas, as indústrias parecem ter chegado a um limite, isto é, no pico que podem oferecer pela soja, versus os preços do farelo e do óleo neste momento”, completa. 

Mesmo assim, no porto gaúcho de Rio Grande o preço da soja subiu R$ 1,50/saca para R$ 150,00/saca para entrega imediata e pagamento em 26/10 e manteve o preço do dia anterior a R$ 156,00 para pagamento em 26/01/2021. “Em Canoas as indústrias aumentaram em R$ 2,50/saca para R$ 147,00 para pagamento em 26/10; em Ijuí o preço subiu mais R$ 2,00/saca para R$ 148,00 para pagamento em final de novembro; em Cruz Alta também o preço permaneceu inalterado em R$ 145,50 e também permaneceu inalterado a R$ 150,00 em Passo Fundo, todos para entrega em novembro, porque as indústrias se queixam de que está difícil repassar estes preços elevadíssimos da soja para o farelo”, informa. 

No Paraná, os preços recuaram em média 2 reais/saca nesta quinta-feira. “No mercado de balcão o preço oferecido ao agricultor na região de Ponta Grossa permaneceu R$ 125,00. Na tabela nº 1 acima pode-se ver os preços para os produtores em outras praças, que ficaram entre R$ 121,00 e R$ 135,00/saca”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink