Infocafé de 14/04/21
CI
Imagem: Pixabay
INFOCAFÉ

Infocafé de 14/04/21

A bolsa de N.Y. finalizou a quarta-feira em alta, a posição maio atingiu a máxima de +3,10 pontos fechando com +2,05 pts
Por:

A bolsa de N.Y. finalizou a quarta-feira em alta, a posição maio atingiu a máxima de +3,10 pontos fechando com +2,05 pts. A moeda norte-americana recuou 0,80%, a R$ 5,6704. No exterior, sinais de forte recuperação econômica na China e nos EUA têm garantido um viés positivo dos mercados, mas a lenta aplicação de vacinas no mundo e os crescentes casos de Covid-19 no Brasil e na Índia ainda preocupam.

Na Europa, o FMI recomendou nesta quarta a continuação do esforço orçamentário em 2021 e 2022, visto que a economia do continente enfrenta sérios riscos no "curto prazo" devido às mutações da Covid-19 e aos atrasos nas campanhas de vacinação. "Refletindo as ondas de infecção e o ritmo das vacinações, a recuperação econômica na Europa ainda é hesitante e desigual", resumiu Alfred Kammer, diretor do departamento para a Europa do FMI. Na cena doméstica, as atenções estão voltadas para a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia.

Na véspera, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), leu o ato de criação da CPI. Com a medida, fica autorizada a formação do colegiado, destinado a apurar as ações e eventuais omissões do governo federal durante o enfrentamento à Covid-19. O Supremo Tribunal Federal (STF) manteve nesta quarta-feira a decisão do ministro Luís Roberto Barroso que determinou ao Senado a instalação da CPI. Os investidores também seguiram de olho também no noticiário sobre o orçamento de 2021 e os riscos de rompimentos do teto de gastos e agravamento das contas públicas. "Malabarismos fiscais vêm sendo aventados para acomodar emendas parlamentares e gastos emergenciais de combate aos efeitos da pandemia. Esses expedientes tendem a enfraquecer a efetividade das regras fiscais enquanto mecanismos capazes de inibir incertezas", destacou a equipe da LCA Consultores. Na semana passada, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, reconheceu que a aprovação do Orçamento, com corte de gastos obrigatórios e aumento de emendas parlamentares, criou uma incerteza no mercado financeiro.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink