Infocafé de 18/08/20
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,782 (-0,26%)
| Dólar (compra) R$ 5,38 (2,78%)

Imagem: Pixabay

INFOCAFÉ

Infocafé de 18/08/20

N.Y. finalizou a terça-feira em alta
Por:
111 acessos

N.Y. finalizou a terça-feira em alta, a posição setembro atingiu a máxima de +4,20 pontos fechando com +3,75 pts.

A moeda norte-americana recuou 0,52%, cotada a R$ 5,4666. Na cena doméstica, os investidores seguiram de olho no desenrolar da agenda fiscal no Brasil. O ministro Paulo Guedes negou na segunda-feira (17) divergências entre ele o presidente Jair Bolsonaro de afirmou que o governo vai fazer remanejamento de recursos a fim de criar as condições para que sejam feitos investimentos públicos sem "furar" o teto de gastos (regra que limita o crescimento das despesas da União).

Segundo informou o blog de Valdo Cruz, o presidente da República, Jair Bolsonaro, pediu a Guedes para buscar mais recursos a fim de assegurar investimentos sem ferir o limite de despesas previsto no teto de gastos, principal âncora fiscal do governo. "Hoje os mercados estão mais tranquilos, e o dólar continua fraco no exterior", explicou à Reuters Álvaro Bandeira, economista-chefe do banco digital Modalmais. "Além disso, houve um alívio político com a fala do Paulo Guedes e de Bolsonaro, sinalizando que entraram juntos e vão sair juntos" do governo.

Áreas de produção de café em Minas Gerais amanheceu com uma forte chuva de granizo e quedas nas temperaturas nesta terça-feira (18). Produtores de Andradas/MG registram o momento da chuva e ainda avaliam os impactos nas lavouras, sobretudo na produção de café que está na reta final da colheita. Segundo o produtor Marcelo Campestre, a chuva foi muito forte e danificou as folhas da planta. Mamedes Luiz Melo, meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), afirma que o choque da frente fria que está avançando pelo Sudeste e as temperaturas elevadas dos últimos dias Minas Gerais são as causas da chuva de granizo.

As previsões mais recentes, no entanto, indicam quedas nas temperaturas em todo o Sudeste do Brasil, mas descartam as possibilidades de novas chuvas de granizo.  "Após a chuva de granizo a tendência é de queda nas temperaturas, ainda podemos ter condição de chuvas para a região, mas sem granizo", afirma Mamedes. Segundo os dados do Inmet, as temperaturas mínimas já registraram declínio nesta terça-feira, com mínima de 11 graus em Monte Verde. Para a próxima madrugada tanto a Zona da Mata Mineira como o sul de Minas Gerais, devem ficar com mínimas entre 11 e 12 graus. O frio mais intenso deve chegar a partir de quinta-feira (20) no Sudeste. Mamedes destaca que a massa de ar polar começa entrar na quarta-feira (19) no Brasil, derrubando as temperaturas em vários estados, conforme já indicavam as previsões. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink