Início da colheita pressiona preços do milho

PREÇOS

Início da colheita pressiona preços do milho

Existe muita especulação e poucos negócios confirmados
Por: -Leonardo Gottems
2685 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

O especialista Luiz Fernando Pacheco, analista da T&F Consultoria Agroeconômica, indicou que o início da colheita da safra de verão no Brasil acabou pressionando os preços do milho na terça-feira (15.01). Nesse cenário, a pesquisa diária do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) registrou quedas de 1,54%, para R$ 37,12/saca na principal praça de referência. 

“As principais características do mercado de milho neste momento são: a) muita especulação e poucos negócios confirmados; b) o avanço da colheita de verão muda as atenções do milho para a soja, deixando uma lacuna no mercado; c) tanto produtores quanto Industrias e Granjas pouco ofertam/demandam. Os últimos, inclusive, estão com estoques consideráveis e quando necessitam voltar ao mercado optam por lotes de fora do estado (tributado) para não chamar atenção”, comenta. 

Sendo assim, as perdas registradas pelo Cepea na praça de Campinas acabou aumentando as perdas de janeiro para 3,21%. Já no Paraná, o especialista afirmou que o estado está quase colhendo a 1ª safra, que já está 15% maturada e já plantou 9% da 2ªsafra de milho para o período 2018/19. 

“No seu relatório desta terça-feira o Deral destacou que o plantio de milho de segunda safra, o “safrinha”, avançou 6 pontos percentuais em uma semana, para 9 por cento da área prevista. Há um ano, a semeadura ainda não havia começado. Boletim da Epagri/Cepa registra que a estimativa de dezembro de 2018 para a próxima safra aponta uma recuperação da área cultivada de milho, incluindo milho 1ª safra e milho 2a Safra, em 7,5% em relação à safra 2017/18”, conclui.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink