Itapetininga pode ser o primeiro município do país a implantar o Agro+

Agronegócio

Itapetininga pode ser o primeiro município do país a implantar o Agro+

Prefeita eleita da cidade paulista se reuniu nesta segunda com o secretário-executivo do Mapa
Por:
2443 acessos

O município de Itapetininga (SP) poderá ser o primeiro do Brasil a implantar o Agro+ municipal. A prefeita eleita Simone Marquetto se reuniu nesta segunda-feira (7) com o secretário-executivo do Ministério do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Eumar Novacki, para pedir informações sobre o plano voltado à desburocratização, modernização e simplificação do agronegócio.
 
“Quero resgatar a vocação agropecuária da região, que já foi o terceiro maior PIB [Produto Interno Bruto] agrícola do estado de São Paulo e hoje ocupa apenas a quinta colocação. Para isso, precisamos incentivar a produção com planos como o Agro+ e o Pisacoop”, afirmou Simone, após a reunião.
 
De acordo com a prefeita eleita, a região já teve uma grande bacia leiteira, mas perdeu espaço para outras áreas. Atualmente, o município de Itapetininga tem como base a produção de grãos, batata, grama, entre outros.
 
Novacki repassou à prefeita os principais pontos do Agro+, lançado em agosto pelo Mapa para desburocratizar e simplificar as ações do ministério e estimular a produção com a redução dos custos, sem prejudicar a qualidade dos produtos.
 
O secretário-executivo do Mapa apresentou ainda ações como o Programa de Produção Integrada de Sistemas Agropecuários em Cooperativismo e Associativismo Rural (Pisacoop), da Secretaria de Mobilidade Social, do Produtor Rural e do Cooperativismo, que tem como objetivo oferecer assistência técnica e extensão aos pequenos produtores.
 
O Pisacoop visa, entre outras coisas, a redução das desigualdades sociais e o desenvolvimento econômico das regiões por meio de sistemas de produção sustentáveis. Um dos sistemas empregados nesse programa é o de agricultura de precisão, que utiliza novas ferramentas e tecnologias.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink