Japão pode usar álcool brasileiro a partir de 2010

Agronegócio

Japão pode usar álcool brasileiro a partir de 2010

A Petrobras trabalhará com a importadora Mitsui para enviar 3 bilhões de litros por ano
Por: -Redação
2 acessos

Algumas centrais de energia elétrica do Japão começarão a utilizar o álcool produzido pela Petrobras a partir de 2010, informa nesta segunda-feira (11-12) a imprensa japonesa. O Japão produz atualmente dois terços da eletricidade que consome em estações térmicas operadas com combustíveis fósseis como carvão, petróleo ou gás natural, e, embora o álcool seja mais caro a curto prazo, seu uso é necessário para reduzir a poluição, segundo o jornal "Nihon Keizai".

A Petrobras trabalhará com a importadora japonesa Mitsui para enviar 3 bilhões de litros por ano ao Japão, segundo o jornal, que menciona a Tokyo Electric Power como uma das empresas interessadas em usar o álcool em suas centrais. O álcool é considerado uma substância livre de dióxido de carbono pelo Protocolo de Kyoto (sobre o reaquecimento atmosférico), já que o cultivo de cana-de-açúcar absorve os gases causadores do calor.

O Brasil, o primeiro produtor mundial de álcool, planeja duplicar sua produção do combustível a 30 bilhões de litros até 2014, segundo a mesma fonte.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink