JBS elege Jeremiah O’Callaghan como presidente do conselho de administração

JBS

JBS elege Jeremiah O’Callaghan como presidente do conselho de administração

As mudanças ocorrem após forte campanha do BNDES para que a família Batista deixasse o dia a dia da administração da JBS
Por: -Alberto Alerigi Jr.
22 acessos

A empresa de alimentos JBS elegeu nesta sexta-feira o executivo Jeremiah O‘Callaghan para a presidência do conselho de administração, no lugar de Tarek Farahat, que passará a ser assessor global da companhia, encarregado por governança e desenvolvimento internacional do grupo. A JBS também afirmou que foram eleitos para o conselho, indicados pelo BNDESPar, os executivos Cledorvino Belini e Roberto Penteado Ticoulat. Além deles, o conselho passará a contar também com Wesley Batista Filho, filho do ex-presidente executivo da JBS, Wesley Batista, que foi preso em operação da Polícia Federal.

As mudanças ocorrem após forte campanha do BNDES para que a família Batista deixasse o dia a dia da administração da JBS, depois do escândalo causado pelas delações premiadas de Wesley, Joesley Batista e outros executivos da J&F, holding controladora da JBS. Em meados de setembro, a JBS avisou que poderia processar o BNDES após declarações do presidente do banco de fomento, Paulo Rabello de Castro, contra a forma como a companhia elegeu para a presidência-executiva José Batista Sobrinho, pai de Wesley Batista e fundador do grupo.

O BNDES, por meio do BNDESPar, detém 21,3 por cento da JBS, sendo a maior acionista fora do grupo controlador, a própria família Batista. Callaghan, nascido na Irlanda, está na JBS desde 1996 e há dez anos é diretor de relações com investidores da companhia.

Belini, que passará a integrar o conselho, foi presidente da Fiat no Brasil e na América Latina por 11 anos, até 2015. Já Ticoulat é especialista em comércio exterior e participa de conselhos de associações como Conselho Brasileiro das Empresas Importadoras e Exportadoras (CECIEx) e da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). Além de Farahat, renunciou a um lugar no conselho Norberto Fatio, que era conselheiro independente da JBS. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink