JCB apresenta faturamento global de 2015 e aposta na recuperação do mercado

Agronegócio

JCB apresenta faturamento global de 2015 e aposta na recuperação do mercado

Investimentos da empresa foram mantidos
Por:
443 acessos

A JCB, empresa de origem inglesa e líder mundial em retroescavadeiras e manipuladores telescópicos, atingiu rendimentos subjacentes de £214 milhões no ano de 2015, apesar do difícil cenário dos mercados em desenvolvimento no mundo no setor em que atua.

A empresa teve um crescimento mais lento do que o esperado na América do Norte e Europa. De maneira geral, as condições de mercado na primeira metade de 2016 permaneceram frágeis, com exceção da Índia, que obteve retorno de crescimento após quatro anos sucessivos de contração. O Brasil está entre os países que vêm recebendo a atenção da JCB. Apenas em 2016 a empresa já anunciou o investimento de R$ 10 milhões em novas máquinas, localização e aprimoramento de pós-vendas.                              

Os rendimentos globais do consolidado de 2015, em uma base EBITDA, foram de £214 milhões (2014: £294 milhões) antes de custos únicos de reestruturação de £10 milhões (2014: £11 milhões). O volume de vendas apresentado foi de £2,34 bilhões em relação aos £2,51 bilhões do ano anterior, e o total de máquinas comercializadas em 2015 foi de 59.844 (2014: 64.028).

O CEO da JCB, Graeme Macdonald, explicou que "o desempenho de negócios da JCB, em 2015, foi resiliente frente a uma deterioração mais acentuada das condições de mercado no mundo, especialmente nas economias do Brasil, Rússia e China. O mercado global ainda está incerto e frágil este ano”.

Em visita recente ao país, Macdonald destacou que acredita na recuperação do mercado brasileiro, uma vez que os setores de infraestrutura, construção e agricultura necessitam de constantes investimentos para manterem a competitividade.

Para o presidente da JCB do Brasil, José Luis Gonçalves, o plano de investimentos da empresa até 2018 reforça esse posicionamento. "Nesse ano trouxemos ao país a consagrada retroescavadeira JCB 3CX, com investimento em eventos nacionais para seu lançamento, pois queremos retomar a liderança na categoria. Para o período 2016-2018 a JCB investirá R$ 50 milhões no Brasil, essas iniciativas mostram o comprometimento da companhia com a nossa operação", salientou Gonçalves.

O presidente do Conselho da JCB, Sr. Anthony Bamford, afirmou: "Apesar das difíceis condições de mercado, continuamos otimistas em relação ao futuro. Os recentes lançamentos de produtos estão tendo muito sucesso, especialmente a nova e revolucionária Hydradig, planejada e construída especificamente para uso em ambientes urbanos congestionados".

 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink