Junho começa com domínio de massa de ar polar
CI
Imagem: Pixabay
PREVISÃO

Junho começa com domínio de massa de ar polar

Há condições para formação de geadas
Por: -Aline Merladete

A partir da noite desta próxima quarta-feira (25/05), a passagem de uma nova frente fria sobre o sul do país irá provocar mudanças no tempo, principalmente em relação às chuvas no Rio Grande do Sul. Os volumes dessas instabilidades podem ser expressivos e provocar acumulados acima dos 50 e 70 mm, ao longo dos próximos dias, em algumas localidades do estado gaúcho. 

Porém, as projeções indicam que a partir desta frente fria, um novo sistema de baixa pressão poderá se formar sobre a costa do estado, na sexta-feira (27/05). Esta área de baixa pressão será alimentada pela umidade que vem da região amazônica, carregada pelos ventos conhecidos como Jatos de Baixos Níveis, elevando o potencial das instabilidades.

Porém o que chama a atenção é a possibilidade dessa área de baixa pressão, promover o avanço de uma nova massa de ar polar sobre o território nacional. As projeções mostram a entrada do ar frio a partir da quinta-feira (26/05) pelo extremo sul do país, ainda em decorrência do avanço da primeira frente fria. 

Entretanto, até pelo menos a segunda-feira (30/05) as temperaturas mais baixas serão registradas apenas nos estados da região sul e com pouca probabilidade para a formação de geadas. 

A tendência é de que o ar frio seja impulsionado para o interior do Brasil a partir do dia 01 Junho, devido à uma segunda frente fria, provocando o declínio acentuado das temperaturas sobre o estado de São Paulo, Mato Grosso do Sul e pelo oeste do Mato Grosso. Além disso, o frio também se intensifica na região sul, aumentando as condições para formação de geadas. 

A perspectiva é de que o ar frio siga avançando no decorrer dos próximos dias, marcando então a primeira semana do mês de Junho com temperaturas baixas. Alguns modelos mostram o avanço da massa de ar polar até a região norte, provocando mais uma vez o fenômeno de friagem. 

Mas vale destacar que, até o momento, as projeções indicam que o frio será menos severo do que a última massa de ar polar. Há condições para formação de geadas ao longo da primeira semana de Junho, mas em áreas restritas à região sul, especialmente naquelas localidades onde é comum a formação do fenômeno.

Material exclusivo elaborado pela equipe Agrotempo*


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.