Lagartas e percevejos tendem a aparecer mais na próxima safra de soja

Agronegócio

Lagartas e percevejos tendem a aparecer mais na próxima safra de soja

Lagartas falsa medideira e percevejos são as pragas com maior tendência para safra seguinte
Por:
2324 acessos

Dos cuidados que produtor rural terá de ter na próxima safra de soja (2009/2010), o manejo correto com pragas será um deles, em especial com as lagartas falsa medideira e percevejos. Resultados de pesquisas mostram que estas duas pragas têm maior tendência para aparecer na safra seguinte.



Conforme Lúcia Vivan, pesquisadora da Fundação de Apoio à Pesquisa Agropecuária de Mato Grosso, Fundação MT, as lagartas foram as que mais tiveram incidência nas lavouras de soja na safra passada em Mato Grosso. E ultimamente, um número extremamente alto de percevejos tem sido encontrado em lavouras de soja do estado, especialmente nos cultivos tardios.

A pesquisadora explica que técnicas feitas incorretamente contribuem para com o aparecimento e aumento da incidência destas pragas. Segundo Vivan o posicionamento de inseticidas e o controle no período certo em relação a infestação das pragas não foram feitos com eficiência pelos produtores na safra passada.


“No caso de percevejo marrom o produtor demora em algumas situações para fazer o controle desta praga. O período de veranico ocorrido na safra passada contribuiu para aumento considerável da lagarta falsa medideira”, aponta a pesquisadora.

Para evitar perdas de produtividade por causa do ataque de pragas, Vivan recomenda aos produtores rurais que evite o uso de piretróides ( tipo de inseticida não seletivo aos inimigos naturais) no início da cultura e cuidados na dessecação com aplicação de inseticidas e preferiram produtos mais seletivos.

“É importante fazer o monitoramento para acompanhar o aparecimento das pragas e realizar o controle no início da infestação. È preciso monitorar a população da praga e fazer aplicação assim que a população mostrar aumento”.

Estas e outras recomendações estão sendo apresentadas por Vivan no Fundação MT em Campo: É Hora de Plantar 2009 que acontece desde a semana passada em várias cidades produtoras de Mato Grosso. Hoje (29) o ciclo de palestras acontecerá em Sapezal. Amanhã (30), produtores de Campos de Júlio e de Campo Novo do Parecis receberão as recomendações técnicas antes de começar o plantio da safra 2009/2010. Quarta-feira (1º), o Fundação MT em Campo: É Hora de Plantar acontecerá nos municípios de Tangará da Serra e Diamantino. Quinta-feira (2) será em Nova Mutum e em Lucas do Rio Verde. Produtores dos municípios de Sinop e Sorriso assistirão às palestras na sexta-feira (3).



 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink