Latência e exportações derrubam preço do trigo globalmente

MUNDO

Latência e exportações derrubam preço do trigo globalmente

Estoques globais estão aumentando
Por: -Leonardo Gottems
168 acessos

O especialista Luiz Fernando Pacheco, analista da T&F Consultoria Agroeconômica, afirmou que os preços do trigo caíram bastante no mercado internacional, motivados, principalmente pela queda nas exportações ao redor do mundo e pela quebra da latência no Hemisfério Norte. Segundo ele, esse é um fator geral do mercado dessa cultura. 

“As exportações russas em janeiro foram 2,5% menores do que janeiro de 2018, mas o mercado esperava uma queda mais profunda. Nada poderia ser esperado deste cenário além de uma queda nos preços dos cereais, atingindo os níveis mínimos de janeiro de 2018. Mas, os preços chegaram tão baixos que os Fundos decidiram recomprar suas posições de venda, produzindo o maior ganho diário desde julho de 2018. Há outra razão também, a de que o trigo está quebrando a latência no Hemisfério Norte e está muito vulnerável, no estágio final de seu desenvolvimento”, indica ele. 

Além disso, ele explicou também que esta recuperação reduziu as perdas apresentadas pelos preços e o clima e o acordo dos Estados Unidos com a China, buscando colocar um fim na disputa comercial que foi travada entre os dois países, estão recuperando os preços do trigo. Para a Argentina, Pacheco estima que o Brasil seja o que chamou de “grande possibilidade de elevação dos preços”. 

“Segundo o Ministério da Agricultura para a safra de 2017/18, 16.859.100 toneladas foram comercializadas (12.309.800 toneladas compradas para exportação e 4.549.300 toneladas para a indústria de moagem). No ano anterior, tinham sido comercializados 17,991 milhões. Para a safra de 2018/19, foram vendidas 12.521.400 toneladas, contra 11.044.900 do ano anterior. O setor exportador comprou 10.466.200 toneladas, contra 8.938.800 milhões no ano passado no mesmo período”, conclui. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink