Leite tem alta consecutiva
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,636 (-1,30%)
| Dólar (compra) R$ 5,59 (2,18%)

Imagem: Pixabay

BOM RESULTADO

Leite tem alta consecutiva

Nova elevação foi registrada em julho. Maior preço foi atingido em Goiás
Por: -Eliza Maliszewski
533 acessos

O preço do leite pago a produtor teve nova alta em julho. A cotação ficou em R$ 1,76 o litro, uma elevação de 16% no mês e de 25% nos últimos 12 meses. A maior alta foi observada em Goiás onde o litro fechou a R$ 1,81; em Minas Gerias R$ 1,77; em Santa Catarina R$ 1,74; no Rio Grande do Sul e Paraná ficou em R$ 1,71 e em São Paulo R$ 1,68.

No varejo a alta observada foi de 1,67%. A maior alta foi no leite UHT (+ 3,79%) que na comparação com julho de 2019 está 17,66% maior. A única retração foi do iogurte, com – 1,39. 

A relação de troca ainda é menos favorável do que em 2019 mas teve leve melhora pelo segundo mês consecutivo. Em julho foram necessários 39 litros de leite para a compra de 60 kg de mistura concentrada. Em maio, por exemplo, eram necessários 49 litros. 

Os dados são do Boletim CILeite, elaborado pela Embrapa Gado de Leite.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink