Agronegócio

Liberado defensivo para combater lagarta Helicoverpa armigera

Praga ataca lavouras de algodão e soja na região oeste da Bahia
Por: -Leonardo Gottems
44003 acessos
 
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) autorizou nesta quinta-feira (04.04) a importação e aplicação de defensivos para combater a quarentenária A-1 Helicoverpa armigera. A praga está atacando lavouras de algodão, soja e feijão, causando grandes prejuízos a produtores de diversas partes do País, pois é a primeira vez que se registra a presença da lagarta em solo brasileiro.
A autorização publicada no Diário Oficial da União libera produtos que tenham como ingrediente ativo único a substância Benzoato de Emamectina, e sejam registrados em outros países. A medida tem caráter emergencial, e foi negociada entre os Ministérios da Agricultura, Saúde e Meio Ambiente, no âmbito do Comitê Técnico para Assessoramento de Agrotóxicos (CTA). 
 
O Mapa vai publicar Instrução Normativa ainda esta semana regulamentando a utilização do Benzoato de Emamectina. Já se sabe que entre as regras vai constar que a aplicação terá de passar por “planos técnicos aprovados pelas autoridades fitossanitárias dos Estados”, segundo informa o Ministério.
 
Fiscais Agropecuários (estaduais e federais) farão o acompanhamento e supervisão da aplicação da substância. As autoridades vão ainda fiscalizar o uso, monitorar as doses, o número de aplicações e as tecnologias utilizadas.
 

Veja também

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink