Luz artificial afeta polinização até durante o dia
CI
Imagem: Pixabay
ESTUDO

Luz artificial afeta polinização até durante o dia

Até agora, o impacto ecológico indireto da poluição luminosa foi ignorado
Por: -Leonardo Gottems

A luz artificial da noite afeta indiretamente toda a comunidade de plantas e polinizadores, com consequências desconhecidas para o funcionamento do ecossistema, como os pesquisadores da Universidade de Zurique e do Agroscope demonstraram pela primeira vez. O uso de luz noturna artificial em todo o mundo aumentou enormemente nos últimos anos, causando efeitos adversos na sobrevivência e reprodução de organismos noturnos. 

"Nossas descobertas indicam que a luz artificial à noite altera o número de interações planta-polinizador durante o dia, dependendo da espécie de planta", diz Eva Knop do Programa de Pesquisa Prioritária de Pesquisa da Universidade UZH Global Change and Biodiversity e Agroscope. Por exemplo, três espécies de plantas receberam significativamente menos visitas de polinizadores durante o dia e outras espécies um pouco menos. Uma espécie de planta diferente, por outro lado, recebeu muito mais visitas de polinizadores, e outra um pouco mais, sob iluminação de LED. 

Curiosamente, a atividade dos polinizadores noturnos também variou na presença de luz artificial. Por exemplo, gerânios florestais (Geranium sylvaticum) em prados claros e escuros receberam o mesmo número de visitas de polinizadores, mas não pelos mesmos insetos. Enquanto os insetos dípteros reduziram suas visitas a plantas que eram iluminadas à noite, os besouros (Coleoptera) tendiam para aumentar suas visitas. Duas outras espécies de plantas mostraram tendências semelhantes. 

Até agora, o impacto ecológico indireto da poluição luminosa foi ignorado. “Uma vez que os insetos desempenham um papel vital na polinização de plantações e plantas selvagens e já estão ameaçados pela destruição do habitat e mudanças climáticas, independentemente da luz artificial, é importante estudar e esclarecer esses mecanismos indiretos”, disse Knop. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.