Mamona para biodiesel é testada em Alta Floresta (MT)

Agronegócio

Mamona para biodiesel é testada em Alta Floresta (MT)

Na área experimental será testada a adaptação da cultura ao solo e clima da região
Por: -Tania Rauber
7 acessos

Uma área de 20 hectares, no campo experimental da prefeitura de Alta Floresta (MT), está sendo utilizada para testes na produção de mamona. O trabalho é desenvolvido pela Secretaria de Agricultura e tem como objetivo fazer experimentos da cultura para a produção de biodiesel.

Segundo o secretário Leocir José Delani, a mamona já era produzida no município, mas se tornou inviável devido as dificuldades na comercialização. Mas, destaca, o crescente e promissor mercado do biodiesel deve reverter este quadro e alavancar a produção. "Precisamos ter a matéria-prima para produzir o biodiesel", enfatizou.

Na área experimental será testada a adaptação da cultura ao solo e clima da região, com diferentes variedades, análises e melhoramento no processo de adubação, germinação da planta, controle de pragas, irrigação, entre outros. Após os experimentos, sementes deverão ser fornecidas para pequenos produtores do município.

A mamona tem como característica demanda por pouca adubação e recursos, o que facilita a produção em pequenas propriedades. A produção estimada é de 1,8 tonelada por hectare. Outros municípios da região também investem em projetos e testes de novas culturas para produção do biodiesel e não ter apenas a soja como fonte de matéria-prima.

Em Sinop, a Secretaria de Agricultura e Empaer testam a viabilidade na produção de dendê e pinhão manso. As duas oleaginosas são recomendáveis para a fabricação de biodiesel devido seu alto teor de óleo, mas ainda não possuem pesquisas que apontam a sua viabilidade no Mato Grosso.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink