MANDIOCA/CEPEA: tamanho da oferta e preços menores preocupam agentes

Mandioca

MANDIOCA/CEPEA: tamanho da oferta e preços menores preocupam agentes

Produtores optaram pela colheita de lavouras de um ciclo
Por:
165 acessos

Segundo pesquisadores do Cepea, 2019 deve ser de incertezas quanto à quantidade ofertada de mandioca, visto que, em 2018, produtores optaram pela colheita de lavouras de um ciclo. Assim, são poucas as lavouras de dois ciclos para este ano. Muitos produtores voltaram a investir na cultura em 2018. Apesar de as cotações de raiz de mandioca terem cedido mais de 50% no ano passado, ainda eram atrativas.

Desta maneira, de acordo com informações do Cepea, para 2019 é esperada elevação na área, que deve ser de lavoura de um ciclo, visto que muitos mandiocultores intensificaram a colheita de raízes mais novas em 2018. Assim, a decisão da colheita irá depender dos patamares de preços. Segundo colaboradores do Cepea, em caso de cotações abaixo das atuais (na casa de R$ 0,60 por grama de amido), produtores devem optar pela poda e pela colheita no final de 2019 ou mesmo no início de 2020. Porém, se os preços estiverem superiores a R$ 0,75/grama, podem ser considerados atrativos. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink