Mapa descarta PEP de milho para o RS no curto prazo
CI
Agronegócio

Mapa descarta PEP de milho para o RS no curto prazo

Governo indica que há 33,6 mil toneladas do grão estocadas no país
Por:

Pressionado pela indústria para ofertar leilões de PEP para o Rio Grande do Sul, o Ministério da Agricultura (Mapa) divulgou na sexta-feira (17) dados dos estoques de milho para justificar porque não deve realizar oferta nos próximos dias. Os dados, remetidos para a Ubabef, indicam que, em 1 de setembro, o total armazenado no Brasil era de 33.627 toneladas (28.127 t em armazéns privados e 5.500 t em públicos). O secretário de Política Agrícola do Mapa, Edilson Guimarães, avalia que há grãos para abastecimento interno e que a expectativa é que o setor privado coloque o produto no mercado. "Se o preço subir, ou faltar produto, o governo pode intervir", admite.

Para o presidente da Ubabef, Francisco Turra, os números mostram que ninguém precisa se afobar e repassar o reajuste aos preços da carne. O secretário executivo da Asgav, José Eduardo dos Santos, diz que o setor irá aguardar até a próxima sexta-feira por um anúncio de ajuda. "Não queremos tirar a rentabilidade do setor de milho, mas avicultores e suinocultores precisam trabalhar em ritmo aceitável."




Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink