Máquinas nas rodovias aumentam o risco de acidente

Agronegócio

Máquinas nas rodovias aumentam o risco de acidente

Por: -Luiz de Carvalho
2345 acessos
Produtores rurais que fazem improvisos, manobrando máquinas agrícolas em rodovias sem observar o que determina o Código de Trânsito Brasileiro, podem ocasionar acidentes. Em alguns casos, eles colocam veículos com pisca-alerta ligado para acompanhar tratores, mas a medida é considerada apenas um paliativo.


De acordo com a concessionária de rodovias Viapar, sediada em Maringá, é preciso que os motoristas em viagem fiquem precavidos, pois como a região é essencialmente agrícola, observa-se com frequência o trânsito de tratores por estradas, inclusive em horários noturnos.

Para o coordenador do Centro de Controle e Operações (CCO) da empresa, Gesivaldo Amâncio Primo, "mesmo quando o agricultor observa as exigências legais, que inclui o uso de batedores e o uso de sinalização adequada, há motoristas que se assustam". Em alguns casos, explica, colhedeiras chegam a ocupar não só o acostamento, mas parte da pista, o que surpreende um condutor.


Felizmente, lembra ele, têm ocorrido poucos acidentes envolvendo maquinários agrícolas na malha de 476 km sob os cuidados da concessionária, mas o alerta é importante: sempre quando uma máquina trafega pela rodovia, há o risco de uma colisão. Foram três ocorrências em 2011, com uma pessoa ferida, e uma em 2012.

Como deve ser

· Segundo as autoridades, o tráfego de tratores pequenos é permitido pelo acostamento, em curta distância e durante o dia, mas a máquina deve sempre estar com as luzes acesas e o condutor ser devidamente habilitado para o veículo, possuindo pelo menos a carteira de habilitação na categoria C. É expressamente proibido dar carona.


· Onde não há acostamento, é indicado que os tratores sigam o mais próximo possível da margem direita da pista. Não é permitido o trânsito desses veículos agrícolas no período noturno, como também em dias de chuva e neblina.

· Por sua vez, trator com carretinha também precisa de sinalização que pode ser feita com a instalação de dois faróis vermelhos, ou ainda a colocação de faixas refletivas na traseira. Triângulos também podem ser usados para fazer essa sinalização de alerta aos motoristas.

· Quanto ao trânsito de máquinas agrícolas de grande porte, como colheitadeiras, o ideal é que sejam transportadas em plataformas. Só há uma tolerância da Polícia Rodoviária quando o trajeto for curto, mas obrigatoriamente, devem ser acompanhadas de batedores para acompanhar o deslocamento das máquinas.


· Uma colheitadeira, devido ao seu tamanho, ocupa um pouco além da sua faixa e, por isso, a necessidade de que haja dois batedores acompanhando, um na frente e outro atrás do veículo agrícola.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink