Megaleite 2022 termina com faturamento de R$200 milhões
CI
Imagem: Divulgação
PECUÁRIA

Megaleite 2022 termina com faturamento de R$200 milhões

A retomada da edição presencial da maior exposição de pecuária leiteira da América Latina reuniu cerca de 70 mil pessoas na capital mineira
Por:

Com recorde de movimentação financeira e de público, a 17ª edição da Megaleite (Exposição Brasileira do Agronegócio do Leite) reuniu criadores de vários países em Belo Horizonte/MG, entre os dias 15 e 18 de junho. Os negócios realizados no Parque da Gameleira, pelas mais de 80 empresas expositoras e pelos promotores de leilões e shopping de animais, atingiram um faturamento estimado de R$200 milhões, contra R$30 milhões de 2019 (ano da última edição presencial), segundo informações da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando, organizadora da exposição.

Desse montante, mais de R$8 milhões vieram da comercialização de bovinos nos oito leilões e dois shoppings, contra cerca de R$4 milhões da edição anterior. A Caixa Econômica Federal, que realizou 289 atendimentos ao longo da feira, prospecta R$ 103 milhões em propostas ligadas às linhas de crédito rural, como Pronaf e Pronamp.

Com a presença de estrangeiros de sete países, a Megaleite foi palco do anúncio do Projeto Internacional de Certificação da raça, que será conduzido pela Associação de Girolando, permitindo que exemplares nascidos em outros países sejam certificados. A primeira ação deve ocorrer nos Estados Unidos, ainda este ano.

No total, a Megaleite recebeu um público de cerca de 70 mil pessoas, incluindo de países como Bolívia, Colômbia, Equador, Itália, México, Nicarágua e Venezuela.

Competições – Os pavilhões do Parque da Gameleira abrigaram 1300 bovinos de oito raças: Girolando, Gir Leiteiro, Guzerá, Guzolando, Jersey, Jersolando, Simental e Simbrasil. De acordo com Euclides Prata, um dos jurados da Megaleite, os animais em julgamento apresentaram uma evolução muito grande, confirmando que os criadores continuaram investindo na seleção de seus rebanhos mesmo durante os dois anos sem eventos presenciais em decorrência da pandemia. “O melhoramento genético não parou. Houve um grande avanço, principalmente dos animais jovens, que estão chegando a um patamar muito próximo do ideal. Uma evolução, principalmente, de tipo leiteiro e força leiteira, aliados a equilíbrio e proporcionalidade. Isso só confirma que o criador tem feito um trabalho sério e criterioso em seu rebanho”, assegura Euclides Prata.

Os resultados completos dos Grandes Campeões da pista de julgamento e do Torneio Leiteiro estão disponíveis no site do evento (www.megaleite.com.br)

Sumário de Touros – Outra novidade da Megaleite relacionada ao melhoramento genético foi a divulgação do Sumário de Touros, com 15 novas características, dentre elas tolerância ao estresse térmico, peso do bezerro ao nascimento, Índice de Eficiência Tropical do Girolando, Índice de Facilidade de Parto, Composto do Sistema Locomotor e Composto Sistema Mamário.

Agora, o Sumário de Touros passa a contar com 19 PTAs genéticas e genômicas. “Será um divisor de águas para o Programa de Melhoramento Genético da Raça Girolando, que antes contava com quatro PTAs e agora ganha mais 15.  Podemos afirmar que, com todas essas ferramentas, teremos um novo Girolando a partir de 2022, muito mais eficiente para o nosso criador. E estamos preparados para lançar diversas outras características de saúde, reprodução, qualidade do leite e morfológicas nos próximos anos”, diz o presidente da Girolando, Odilon de Rezende Barbosa Filho. Também foram lançados o Sumário de Fêmeas e o Ranking Nacional – Modalidade Rebanho, todos em parceria com a Embrapa Gado de Leite.

Queijo premiado- Para quem aprecia produtos artesanais de derivados do leite, a novidade do evento foi o Concurso de Queijo dos Núcleos, que reuniu sete queijos de Minas Gerais e do Rio Grande do Norte. O público da feira pode degustar e votar no queijo preferido e o mais votado foi o “Barões da Mantiqueira”, produzido em Itanhandu/MG, na Serra da Mantiqueira.

A Fazenda Barões da Mantiqueira é de propriedade da família do criador Bruno Scarpa. O queijo é maturado 120 dias, em prateleiras de madeira. “De acordo com o clima da nossa região e as formas de prensagem, conseguimos garantir a identidade do nosso produto”, esclarece. O Concurso de Queijo foi organizado pela Girolando, em parceria com os Núcleos de Criadores de Girolando de várias regiões do país.

Dia Nacional da Raça Girolando – Criadores presentes à Megaleite participaram da Audiência Pública Extraordinária para discussão do Projeto de Lei 1229/2022, de autoria do deputado federal Emidinho Madeira, que tem por objetivo instituir no Brasil o “Dia Nacional da Raça Girolando”. Todos manifestaram apoio à iniciativa por acreditarem ser de grande relevância para a promoção e fomento da raça pelo país. A ata da audiência será incluída na tramitação do projeto. Caso seja aprovado pela Câmara dos Deputados, o Dia Nacional da Raça Girolando será comemorado em 1º de fevereiro, data em que o Girolando foi reconhecido oficialmente como raça pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Homenagens - A Megaleite ainda foi palco de homenagens. O Mérito Girolando 2022 homenageou: ex-ministro Alysson Paolinelli (Mérito Liderança Nacional), Deputado Estadual Antônio Carlos Arantes (Mérito Personalidade do Ano), Maria Inez Cruvinel Rezende (Mérito Mulher), Rubio Fernal Ferreira e Sousa (Mérito Criador), Paulo Emílio R. do Amaral (Mérito Produtor de Leite) e Paulo Victor Sousa Machado (Mérito Jovem Criador).


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.