Mercado do trigo segue na mesma na Região Sul
CI
Imagem: Marcel Oliveira
CEREAIS

Mercado do trigo segue na mesma na Região Sul

“A maioria dos moinhos gaúchos está fora de mercado"
Por: -Leonardo Gottems

De acordo com o que afirmou a TF Agroeconômica, o panorama do mercado do trigo segue do mesmo jeito que vinha nos últimos dias. No Rio Grande do Sul, os moinhos seguem fora do mercado, com vendedores pedindo R$ 1.550,00 e trigo paraguaio competitivo. 

“A maioria dos moinhos gaúchos está fora de mercado, depois de comprarem o suficiente para moerem por dois meses. Foram ouvidos pequenos negócios a R$ 1.500,00/t com vendedores pedindo R$1.550,00/t, mas nada significativo. Por outro lado, os agricultores ainda tem nas mãos algo como 50% da safra ainda não comercializada, o que é um grande percentual e precisam se desfazer deste volume até dezembro, para pagar as contas do banco”, comenta. 

Em Santa Catarina, os moinhos seguem a R$ 1.400,00 FOB, com vendedores a R$ 1.500,00 e trigo paraguaio também competitivo. “Poucas alterações no mercado catarinense de trigo. As ofertas nos mercados de lotes seguem os preços dos estados vizinhos, nenhuma inferior a R$ 1.400,00 no RS e R$ 1.500,00 no PR, embora os compradores tentem colocar preços entre R$ 1350-1380,00/t. Como precisa comprar quase 200 mil tons de outros estados, os moinhos continuam observando os preços do PR e do RS”, completa. 

Já no Paraná, os negócios continuam a R$1.500,00/t CIF Ponta Grossa. “Depois de ensaiar um recuo bem acentuado nos preços, um dos moinhos que não tinha um grande estoque de trigo pagou hoje R$ 1.500,00/t CIF, o que equivale a aproximadamente R$ 1.460,00/t FOB. Mas, no geral, os preços do trigo estão recuando no Paraná. No começo da semana passada houve negócios a R$ 1.530,00 CIF no estado e no fim a R$ 1.500,00. Nesta terça-feira depois do feriado o mercado abriu com compradores pagando no máximo R$ 1.480,00 CIF”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink