Mercado interno do algodão permanece estável, mas com variações no externo

Agronegócio

Mercado interno do algodão permanece estável, mas com variações no externo

Volume de pluma estocada no mercado mundial pode jogar preços para baixo
Por:
900 acessos

O estado do Mato Grosso deve elevar a produção de algodão para 967,4 mil toneladas, conforme nova estimativa da safra 2013/14. Com isso, o quadro de oferta se eleva para 981,4 mil/t. 

Já a demanda pelo algodão do MT, na nova estimativa de oferta e demanda, deve ser de 97,9% da oferta, 960,4 mil toneladas, 10% superior à da safra 2012/13, sendo 543 mil toneladas para o mercado brasileiro, e 364 mil toneladas para exportação, 36% a mais do que na safra passada, restando 21 mil toneladas em estoque final. 

No entanto, a luz amarela deve permanecer acesa, segundo analise do Instituto Mato Grossense de Economia Agropecuária (Imea). 

"A demanda interna já age de forma lenta, a fim de repor seus estoques, evitando grandes elevações nos preços, assim como fez na safra passada. E os preços externos também não animam. Enquanto já são esperados estoques mundiais recordes, as grandes lavouras dos EUA vêm apresentando ótimo estado. Portanto, se o câmbio não se elevar, o algodão mato-grossense tem tudo para ser negociado a patamares menores que os atuais", adverte o informativo.

O contrato com fechamento em julho/15 fechou a semana cotado a cents de US$ 71,28/lp, após queda semanal de 5%, ocorrida devido à expectativa de grande produção de algodão nos Estados Unidos (EUA).
 
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink