México autoriza importação de lácteos do Brasil
CI
Imagem: Pixabay
MERCADO

México autoriza importação de lácteos do Brasil

Pelo menos 18 estabelecimentos já receberam o sinal verde para exportação
Por: -Eliza Maliszewski

Mesmo liberados desde maio, só agora foi acordado o certificado pela autoridade competente mexicana, com o Ministério da Agricultura brasileiro para que os laticínios possam começar a exportação dos produtos lácteos para aquele país.

São pelo menos 18 estabelecimentos que já já receberam o sinal verde para exportar ao México. A lista de produtos lácteos autorizada a entrar no mercado é longa e inclui itens como leite em pó, leite UHT, soro de leite, creme de leite, iogurte, manteiga e queijos. Entre as empresas habilitadas estão da Tirolez, Lactalis, Vigor, Polenghi, Schreiber Foods, Cosulati, Nutrifont, Dália e Nova Mix.

A notícia foi comemorada pela Associação Brasileira dos Produtores de Leite (Abraleite). “O México é um grande mercado consumidor e a autorização para exportação é um passo importante, sob a perspectiva de que o Brasil pode ter um destino regular desses produtos”, disse o presidente da entidade, Geraldo Borges.

O México está entre os 10 principais parceiros comerciais brasileiros. No ano de 2020 foram exportados para o México US$ 3,8 bilhões. Entre os produtos do agronegócio, entre os mais exportados, estão soja, milho, café e madeira.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.