Microrganismos inibem crescimento de fungo em até 97%

ESTUDO

Microrganismos inibem crescimento de fungo em até 97%

“Estes fungos danificam os tecidos das folhas, caules, flores e frutos do tomate. "
Por: -Leonardo Gottems
689 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente

Pesquisadores da Faculdade de Ciências Agrárias da Universidade Nacional da Colômbia (UN), com sede em Palmira, descobriram microrganismos que podem inibir o crescimento de 70% a 97% de fungos que causam prejuízos à cultura do tomate. De acordo com a pesquisadora e bacteriologista Viviana Sanchez Soto, das 37 bactérias identificadas, 11 têm essa capacidade. 

“Estes fungos danificam os tecidos das folhas, caules, flores e frutos do tomate. Eles podem ser encontrados e transportados através do ar, solo, água, sementes e produtos agrícolas. No futuro, poderíamos pensar em testar as bactérias em casas de vegetação e campo, a fim de ver seus resultados em condições ambientais. O objetivo é fornecer um controle biológico alternativo contra fungos que também nos permita liberar alimentos de compostos químicos”, comenta. 

Nos registros encontrados pela pesquisadora, o fungo Alternaria alternata  levou os agricultores a aumentar os custos de produção de tomate por até 30% devido ao investimento feito em agroquímicos para tentar para controlar o problema. Segundo ela, esses problemas começam quando os desequilíbrios na flora microbiana encontrados em torno das plantas, com o uso indiscriminado de pesticidas e fertilizantes, entre outros produtos são gerados. 

Para obter as bactérias e os fungos da investigação, foram coletadas amostras de 15 propriedades em cinco municípios do Vale do Cauca, Candelaria, Restrepo, Palmira, Vijes e La Cumbre.Em 2014, cerca de metade da produção mundial de tomate está na Ásia, 18,7% nas Américas, 16,9% na Europa, 12% na África e 0,4% na Oceania, conforme publicado pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO).

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink