Milho: preços FOB recuaram nesta segunda-feira
CI
Imagem: Pixabay
MERCADO

Milho: preços FOB recuaram nesta segunda-feira

Os prêmios na Argentina voltaram a cair, baixando os preços flat
Por: -Leonardo Gottems

Com quedas em Chicago, os preços FOB do milho recuaram nesta segunda-feira, de acordo com informações que foram divulgadas pela TF Agroeconômica. “Os preços para julho subiram para US$ 339/t; agosto recuaram para US$ 295; setembro também para a US$ 296; outubro fechou a US$ 300 e novembro a US$ 304/tonelada, nos portos de Santos-SP ou Tubarão-ES. Os preços dos embarques em Barcarena/Itaqui recuaram para a US$ 295/t para agosto e setembro”, comenta.

Os prêmios na Argentina voltaram a cair, baixando os preços flat. “Mesmo com a queda em Chicago os preços para os navios Handysize subiram, mostrando que o mercado de milho argentino, assim como o de trigo, está descolado da CBOT: julho fechou a US$ 284/t; agosto para US$ 279, setembro a US$ 285 e outubro para US$ 278. Novembro e dezembro não foram cotados. Para safra nova, março23 também não houve cotação nesta sexta-feira. Para os navios Panamax, os preços não tivemos informação”, completa.

O milho safrinha do Paraguai já está 3% colhido, novamente com bom volume de negócios. “A semana iniciou com novas baixas para o mercado de milho; o mercado FAS corrigiu as melhoras vistas na sexta-feira, retornando a trabalhar abaixo de 220,00 U$D/MT FAS Assunção. A indústria local também corrigiu seus números, distanciando-se de qualquer ideia de venda. Com esse cenário local, o destaque mais uma vez foi o mercado brasileiro, que conseguiu fechar diversos negócios durante o dia. A maior participação ficou com o mercado do oeste catarinense, já que o oeste do Paraná decidiu baixar seus indicadores”, indica.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.