Milho internacional: preço volta a subir em todas as praças
CI
Imagem: Divulgação
MUNDO

Milho internacional: preço volta a subir em todas as praças

No Vietnã, a atividade permaneceu quieta
Por: -Leonardo Gottems

De acordo com a TF Agroeconômica, o preço do milho voltou a subir em todas as praças do mercado internacional. “O dia começou com relatos de que duas das maiores associações de ração da Coreia do  Sul haviam se aventurado no mercado privadamente durante a noite, com a MFG tomando 68.000 t da Cofco a US$ 239,90/t, e a KFA garantindo outros 64.000 t da Pan Ocean pelo mesmo preço”, indica.

No Vietnã, a atividade permaneceu quieta, mas as indicações foram ouvidas em US$ 222,20/t para agosto e setembro carregando para chegada aos portos do sul do país, com marçooferecido a US$ 253,40/t no norte. “As exportações de milho dos EUA chamaram a atenção, enquanto as vendas líquidas permaneceram robustas, apesar de uma queda de 18% nos volumes”, comenta.

“Durante a semana até 26 de novembro, 1,37 milhão de toneladas foram reservados pelo México recolhendo quase metade desse volume, enquanto destinos desconhecidos contribuíram com outros 351.000 toneladas. As exportações também aumentaram, tendo uma média de 780.000 toneladas por semana desde o início do ano de comercialização, de repente aumentou para 1 milhão de toneladas, com a China reservando quase metade e o México contribuindo em torno de um terço”, completa.

Os mercados da Argentina e do Brasil estavam calmos e relativamente estáveis, enquanto a Bolsa de Cereais de Buenos Aires atualizou o progresso do plantio de milho, com o plantio agora completo em 35% dos 6,3 milhões de hectares projetados. “Isso foi de 3,1 pontos na semana anterior, mas ainda marcou o melhor ritmo de plantio por várias semanas depois que as chuvas atingiram algumas áreas-chave. No entanto, permanece cerca de 13,7 pontos atrás do ritmo do ano passado”, conclui. 
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink