Milho volta a fechar em alta na B3
CI
Imagem: Nadia Borges
COTAÇÕES

Milho volta a fechar em alta na B3

No entanto, Chicago acumula 4% com etanol e espera da China
Por: -Leonardo Gottems

O mercado de milho na B3 de São Paulo fechou novamente em alta, nesta quinta-feira, com exceção de novem ro que fechou em forte baixa de R$ 3,55/saca, de cordo com informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “Com isto, a cotação de maio fechou em alta de R$ 0,92  no  dia  a  R$ 99,86;  a  de  julho  avançou  R$  0,69  no  dia para R$ 95,21 e a de setembro avançou R$ 0,73 no dia para R$ 89,92”, comenta. 

“As cotações do mercado futuro de São Paulo voltaram a subir,  apesar  do  relatório  “negativo”  do  quadro  de Oferta&Demanda apresentado pela Conab, de aumento de  1,66  milhões  de  toneladas  no  seu  estoque  final. Como  consta  no  relatório  da  secção  internacional, recebido  do  exterior  pela  TF  Consultoria,  “a  indústria ignorou o aumento da agência brasileira de alimentos Conab”. A prova é que as cotações da B3 subiram”, completa. 

No entanto, Chicago acumula 4% com etanol e espera da China. “Um poderoso coquetel de apoio começou a funcionar nos  futuros  do  milho  em  Chicago  durante  o  dia  nos EUA, à medida que as atualizações de dados, rumores de  compra  da  China  e  perspectivas  de  alta  somaram 4% nos contratos do primeiro mês”, indica. 

“No fechamento, o contrato de maio ganhou perto de $ 0,20/bu  para  chegar  a  $  5,80/bu,  com  julho  em  $ 5,62/bu, um pouco abaixo de $ 0,16/bu no dia - embora analistas tenham notado aumentos menos dramáticos mais adiante ao longo da curva, o que levou alguns a questionar a permanência do rali.  Os  dados  de  exportação  estavam  entre  os  principais indicadores,  com  as  vendas  líquidas  semanais mostrando  que  outras  750.000  toneladas  de  milho foram compradas na semana até 1º de abril, levando as vendas líquidas para 66,4 milhões de toneladas”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink