Milho volta a fechar em baixa na B3
CI
Imagem: Leonardo Gottems
VALORES

Milho volta a fechar em baixa na B3

Em Chicago, as vendas de milho nos Estados Unidos atingiram 4,6 milhões de toneladas
Por: -Leonardo Gottems

O mercado de milho na B3 de São Paulo voltou a fechar em baixa esta quinta-feira para todos os seus meses, de acordo com informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “Este movimento já foi  previsto por nós há duas semanas, quando dissemos que o mercado daria um passo à frente e outro atrás, numa oscilação constante, devido ao nível muito alto dos preços”, comenta a consultoria. 

“Com isto, a cotação de maio fechou em baixa de R$ 0,79 no dia a R$ 93,35; a de julho recuou R$ 0,51 no dia para R$ 88,92 e a de setembro fechou em baixa de R$ 0,08 no dia para R$ 83,69. Queremos  ressaltar  que  estes  valores,  apesar  de inferiores  em  média  de  R$  0,76/saca  aos  da  semana passada,  ainda  são  muito  lucrativos,  apresentando percentuais de lucro acima de 35%”, completa. 

Em Chicago, as vendas de milho nos Estados Unidos atingiram 4,6 milhões de toneladas com a generosidade da China. “O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) adotou o clássico eufemismo quando descreveu as vendas líquidas na semana de 18 de março como “notavelmente altas”, mas com o comércio esperando um grande número e os grãos e o trigo de  Chicago despencando, os futuros do milho permaneceram praticamente inalterados”, completa. 

“Por  volta  das  13h,  no  fechamento  do  leste  dos  EUA, maio caía $ 0,06/bu a $ 5,47/bu, com julho caindo um pouco mais de $ 0,04/bu para $ 5,32/bu.  Começando  com  as  vendas  líquidas  de  milho  nos Estados Unidos, os números subiram para 4,6 milhões de  toneladas, incluindo  3,89 milhões  de  toneladas de milho  safra  anterior  encomendados  pela  China, seguido por 353,3 mil toneladas para a Coreia do Sul, 196 mil toneladas para o México e 131,1 mil toneladas para a Colômbia”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink