Minas Gerais distribui semente de algodão para incentivar plantio
CI
Agronegócio

Minas Gerais distribui semente de algodão para incentivar plantio

Por:

O Ministério da Agricultura, por meio da Delegacia Regional de Minas Gerais, iniciou a distribuição gratuita de sementes de algodão para os produtores rurais de 20 municípios do Norte de Minas. A iniciativa integra o Programa de Incentivo à Cultura do Algodão no Norte do Estado. No total serão distribuídas 108 toneladas de sementes a 3,6 mil agricultores de Espinosa, Jaíba, Mato Verde, Catuti, Monte Azul, Porteirinha, Matias Cardoso, Capitão Enéas, Francisco Sá, Nova Porteirinha, Engenheiro Navarro, Bocaiúva, Pai Pedro, São João do Pacui, Manga, Montalvânia, Janaúba. A maioria dos produtores não tem recursos para investir na atividade, as propriedades são pequenas e toda a família trabalha na plantação.

A distribuição das sementes é coordenada pela Empresa de Pesquisa Agrícola de Minas Gerais (Epamig) e pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e tem a participação efetiva dos conselhos municipais de desenvolvimento rural sustentável das localidades envolvidas.

Conforme técnicos da secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento e Pecuária (Seapa), a colheita deverá ocorrer em meados de maio de 2004 e a produtividade média prevista é de 80 arrobas por hectare. A expectativa é de que a arroba do algodão em caroço seja comercializada a R$ 18. Com esse preço, os 3,6 mil produtores poderão contabilizar um faturamento na casa de R$ 10 milhões. A produção total é estimada em 580 mil arrobas. A venda do algodão em caroço será feita diretamente às usinas de beneficiamento existentes na região.

Até o início da década de 1980, o Norte de Minas era a principal região produtora de algodão Minas Gerais e do País com 130 mil hectares cultivados e 33 indústrias de beneficiamento. Mas a chegada do bicudo destruiu a maioria das plantações. Naquela época, os produtores do município de Mato Verde exibiam os tratores de última geração. A distribuição de sementes também representa uma forma de incentivar o plantio na região. Trata-se na verdade de uma ação do projeto elaborado pelo governo mineiro para que no prazo de seis anos o estado seja auto-suficiente em algodão. O projeto tem a participação do Sindicato das Indústrias de Tecelagem de Minas Gerais e da Associação Mineira do Produtores de Algodão.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink