MT lidera compras de máquinas agrícolas no Brasil
CI
Agronegócio

MT lidera compras de máquinas agrícolas no Brasil

Anfavea projeta aumento de 20% nas aquisições no 1º semestre, ante ao período de 2012
Por:
Anfavea projeta um aumento de 20% nas aquisições no 1º semestre, ante ao período de 2012

O bom momento vivenciado em Mato Grosso com a alta nos preços das principais commodities, como soja e milho, e a menor taxa de juros para financiamentos estão estimulando o aumento nas vendas de máquinas agrícolas. Nesse primeiro semestre o setor estima um aumento de 20% frente ao mesmo período do ano passado.


A expectativa é que para o próximo semestre o cenário continue a crescer. Segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), de janeiro a junho Mato Grosso, maior produtor de grãos do País, liderou as compras de maquinários, com aumento estimado de 21,1%.

Durante todo o ano passado foram vendidos 4.374 máquinas agrícolas no Estado. O número chega a ser 47,1% maior à comercialização registrada em 2010, que atingiu 2.973 mil equipamentos vendidos. Para 2012, o cenário promete ser ainda melhor.

Segundo o proprietário da Vegrande Máquinas Agrícolas, Walter Zacarkim, os negócios durante os seis primeiros meses desse ano superaram as expectativas de crescimento da empresa. “Com o bom preço das safras e os negócios realizados durante a Expoagro conseguimos ir além do crescimento previsto para esse semestre”, declara. Ele diz que o ano será de expansão para o setor no Estado. “O cenário é muito bom e continuará durante esse ano”.


Essa também é a expectativa da Agroshop Máquinas e Motores. Conforme Fernanda Vendrame, umas das donas da empresa, a tendência é que esse ano seja melhor que 2011. “Tivemos o ano passado um bom crescimento, porém esse ano promete ser bem melhor”, conclui.

INVESTIMENTOS
De acordo com o produtor rural de Sinop, Antônio Galvan com a renda mais valorizada em função dos preços dos grãos e o aumento da produção, o produtor além de priorizar a compra de máquinas, também investe no maior uso de tecnologia para aumentar a produtividade. “Se você tem uma renda melhor, os investimentos com certeza são em melhorias para o campo”, explica.


Na visão do produtor esse cenário poderia ser ainda melhor no Estado. “Para um estado como Mato Grosso o fator limitante a um maior crescimento é a dificuldade de acesso ao crédito”, explica.

Brasil- O faturamento do setor de máquinas e implementos agrícolas no primeiro semestre de 2012 foi de R$ 5 bilhões, o que representou um crescimento de 13% sobre os R$ 4,4 bilhões alcançados no primeiro semestre do ano passado. Os resultados foram divulgados essa semana, pelo Departamento de Economia e Estatísticada Abimaq - Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink