MT tem 13,8% de participação no rebanho de gado do país

Agronegócio

MT tem 13,8% de participação no rebanho de gado do país

Produtores do estado criam 29,2 milhões de animais. Números consideram ano de 2011
Por:
553 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.
Produtores do estado criam 29,2 milhões de animais. Números consideram ano de 2011

Com um rebanho de 29,2 milhões de animais, Mato Grosso se mantém como o maior criador de gado do país. Com esta quantidade, o estado tem 13,8% de participação no mercado mundial. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estática (Ibge) divulgados na quinta-feira (18), mas que consideram as informações obtidas em 2011, o norte mato-grossense lidera a produção no estado com rebanho de 12,5 milhões de animais, seguida pelo nordeste com 6,5 milhões de cabeças e pelo sudoeste, com 4,5 milhões de cabeças.

Conforme o levantamento, o estado de Minas Gerais é o segundo maior produtor de gado do país, com 23,9 milhões de animais e representatividade de 11,2% no cenário nacional. O efetivo de bovinos do país foi de 212,798 milhões de cabeças, representando um crescimento de 1,6% em relação ao registrado em 2010 (209,5 milhões). O Centro-Oeste teve participação de 34,1%. As demais regiões apresentam os seguintes percentuais de participação: Norte (20,3%), Sudeste (18,5%), Nordeste (13,9%) e Sul (13,1%).

De acordo com o Ibge, em 2011, o Brasil ocupava a 2ª posição mundial em rebanho de gado bovino, atrás da Índia, cujo rebanho era de 324, 5 milhões - cerca de 1,5 vezes maior que o brasileiro. Na sequência, destacaram-se China e os Estados Unidos.

O efetivo de bubalinos (búfalos), em 2011, foi de 1,3 milhão de cabeças, um aumento de 7,8% sobre 2010. Os búfalos concentravam-se no Norte e Nordeste do país, sendo os maiores efetivos registrados no Pará (38,0%), Amapá (18,4%) e Maranhão (6,5%).

Outros rebanhos

O efetivo de equinos (cavalos, éguas) foi de 5,5 milhões de cabeças, em 2011, apresentando certa estabilidade em relação a 2010 (-0,1%). O plantel encontrava-se concentrado no Sudeste (24,4%) e no Nordeste (24,3%). Os maiores efetivos encontravam-se nos estados de Minas Gerais (14,3%), Bahia (10,1%) e Rio Grande do Sul (8,6%).

O efetivo de asininos (jumentos, jegue, asnos), em 2011, foi de 974,5 mil animais, uma queda de 2,7% em relação a 2010. O efetivo destes animais encontrava-se bastante concentrado no Nordeste do país, especialmente Bahia (26,1%), seguida de Ceará (19,8%) e Piauí (12,2%).

O efetivo de muares (burros, mulas) apresentou leve queda percentual com relação ao registrado em 2010. No total, eram 1,3 milhão de cabeças. O Estado da Bahia participava com 21,6% do efetivo nacional, seguido por Minas Gerais (12,4%) e Pará (8,3%).
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink